logo
/ REUTERS/Akhtar Soomro
Foco 29/11/2020

Paquistão aprova projeto para castrar estupradores

Uma nova proposta de lei foi aprovada no Paquistão e pretende castrar quimicamente todos os estupradores que forem condenados no pais.

O projeto faz parte de um pacote antiestupro preparado pelo ministro da Justiça e recebeu o aval do primeiro-ministro Imran Khan.

A proposta pretende ainda agiliza a investigação e punição dos casos de agressão sexual e aumenta o papel das mulheres no policiamento e a proteção às mulheres que registrarem queixas, que terão suas identidades preservadas.

O senador do Paquistão Faisal Javed Kahn falou sobre o aumento da incidência de abusos contra crianças e mulheres e manifestou seu apoio à nova legislação.

LEIA TAMBÉM:

“As punições mais severas para bestas selvagens abusivas levarão à castração. Nosso governo vai legislar em breve”, disse.

Atualmente, estupradores condenados no Paquistão são condenados a penas de 10 a 25 anos ou pena de morte.

Os projetos de lei tem ainda que ser apresentados ao legislativo para aprovação. (Com Daily Mail)