INSS inicia prova de vida usando aplicativo

Por Metro World News

Começa nesta quinta-feira (20) o projeto-piloto do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) que vai permitir aos segurados realizar prova de vida por biometria facial disponibilizada via aplicativo. A experiência começa com cerca de 500 mil pessoas que não fizeram o procedimento até fevereiro deste ano. A prova de vida foi suspensa entre os meses de março e setembro por conta da pandemia do novo coronavírus.

O objetivo do uso do aplicativo é evitar que as pessoas tenham de se deslocar futuramente às agências.

Para realizar a biometria facial, o INSS usará a base de dados do Denatran (Departamento Nacional de Trânsito) e do Tribunal Superior Eleitoral. Serão selecionados, portanto, segurados que tenham carteira de motorista e título de eleitor.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Fundação Renova - agosto 2020

O instituto afirma que, por se tratar de projeto-piloto, serão feitos os ajustes necessários nesta etapa para que o procedimento digital possa ser implementado com segurança posteriormente para todos os beneficiários.

Os primeiros contatos com os segurados que participam do projeto já começaram a ser realizados por meio de mensagens enviadas em SMS, Central 135 e e-mail. Estas pessoas já deveriam ter realizado o procedimento da prova de vida. Portanto, é importante seguir o novo procedimento se forem contatados. Apesar de ser um projeto-piloto, a validação vai efetivamente ser considerada.

A inovação não extinguirá a prova de vida presencial. Para pessoas que não tenham acesso à internet e smartphone, o procedimento seguirá sendo realizado nas agências bancárias.

O aplicativo utilizado para a tarefa é o Meu gov.br, que já existia para oferecer serviços digitais do governo federal. O INSS alerta que o SMS enviado aos escolhidos será identificado com o número 280-41.

Loading...
Revisa el siguiente artículo