Entretenimento

Velório e enterro de Jô Soares serão restritos aos familiares e amigos, diz ex-mulher

Ele morreu na madrugada desta sexta-feira (5) no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo

Ele morreu aos 84 anos no Hospital Sírio-Libanês, em SP

O funeral do ator, escritor, humorista e apresentador Jô Soares, que morreu na madrugada desta sexta-feira (5), aos 84 anos, em São Paulo, deverá ser restrito a familiares e amigos. A informação é de sua ex-mulher Flavia Pedras, que fez uma publicação no Instagram confirmando o falecimento do astro.

“O funeral será apenas para família e amigos próximos. Assim, aqueles que através dos seus mais de 60 anos de carreira tenham se divertido com seus personagens, repetido seus bordões, sorrido com a inteligência afiada desse vocacionado comediante, celebrem, façam um brinde à sua vida”, destacou Flavia na publicação (veja abaixo):

O artista estava internado no Hospital Sírio-Libanês, em São Paulo, desde o último dia 28 de julho para tratar uma pneumonia. A unidade confirmou que ele faleceu às 2h30 de hoje, mas as causas da morte não foram divulgadas.

Jô Soares foi casado com a atriz Sílvia Bandeira entre 1980 e 1983. Depois, entre 1984 e 1986, namorou a atriz Claudia Raia. Em seguida, entre 1987 e 1998, foi casado com Flavia Pedras. Ele também teve um relacionamento com Therezinha Millet Austregésilo, com quem teve o filho Rafael Soares, que morreu em 2014.

O artista ficou conhecido por participações em atrações humorísticas históricas como “A Família Trapo” (1966), “Planeta dos Homens” (1977) e “Viva o Gordo” (1981). Mas foi em talk-shows que ele se destacou como o apresentador mais famoso do país. Além de atuar em 22 filmes, ele também escreveu cinco livros e é considerado um pioneiro do stand-up.

LEIA TAMBÉM:

Repercussão da morte

Nomes como Pelé, Ana Maria Braga, Bárbara Paz, Thiaguinho, Patrícia Poeta, Adriane Galisteu, entre muitos outros famosos, fizeram postagens nas redes sociais para se despedir e homenagear o astro.

“Jô era um grande amigo, inteligente, perspicaz, bem humorado e que adorava uma boa conversa. Acordo muito triste com a notícia de que essa grande estrela nos deixou. Apesar daquela famosa fala do filme, não, eu não sou Jô Soares. Mas como profundo admirador, eu adoraria ter sido”, escreveu Pelé.

“Eu tive a honra de conhecer e conviver com esse jornalista e humorista tão talentoso e querido de todos nós. Hoje o dia amanheceu mais sem graça. Vá em paz meu amigo”, escreveu Ana Maria Braga.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos