Foco

Gasolina e diesel aumentam a partir deste sábado

A Petrobras anunciou o aumento do diesel em 14,2% e da gasolina em 5,2%

Guerra na Ucrânia e sanções dos EUA interferem no valor do combustível no Brasil

Os combustíveis subiram de preço a partir deste sábado (18). De acordo com a Petrobrás, os reajustes da gasolina e do diesel vão impactar diretamente o bolso dos motoristas brasileiros.

No caso da gasolina, o reajuste foi de 5,18%, com os valores por litro passando de R$ 3,86 para R$ 4,06.  Já para o diesel, o reajuste anunciado foi de 14,26%, com o preço médio do litro passando de R$ 4,91 para R$ 5,61.

O aumento dos preços nos combustíveis refletem a disparada dos preços do petróleo e dos derivados no mercado internacional, que foram impactados pela demanda etambém pelo fechamento de refinarias em meio à guerra entre a Rússia e a Ucrânia.

Em nota, a Petrobrás informou que segue com a prática de preços competitivos e em equilíbrio com o mercado. Também destacou que tem evitado o repasse imediato para os preços internos da volatilidade das cotações internacionais do petróleo e da taxa de câmbio.

LEIA TAMBÉM: Morte de indigenista e jornalista no AM: Pescador disse que cometeu crime sozinho, mas polícia acredita em ‘encomenda’

Segundo a Associação Brasileira dos Importadores de Combustíveis (Abicom), para alinhar o preço interno com o praticado no Golfo do México, de onde sai a maioria das cargas, o aumento deveria ser de R$ 0,57 para a gasolina e R$ 1,37 para o diesel, diante de defasagens de 13% e 21%, respectivamente.

Pelo Twitter, o Jair Bolsonaro fez duras críticas à Petrobras pelo novo reajuste: “O Governo Federal como acionista é contra qualquer reajuste nos combustíveis, não só pelo exagerado lucro da Petrobras em plena crise mundial, bem como pelo interesse público previsto na Lei das Estatais”, postou o presidente.

Em seguida, ele citou a possibilidade de uma greve de caminhoneiros, em decorrência do preço dos combustíveis.

“A Petrobras pode mergulhar o Brasil num caos. Seus presidente, diretores e conselheiros bem sabem do que aconteceu com a greve dos caminhoneiros em 2018, e as consequências nefastas para a economia do Brasil e a vida do nosso povo”.

LEIA TAMBÉM: Confira 4 dicas de ouro para mandar bem nos processos seletivos

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos