Entretenimento

VÍDEO: Após aparecer transtornado, Sérgio Hondjakoff pede perdão ao pai por ameaças

Ator agradeceu o carinho dos fãs e disse que agora ‘está limpo de qualquer substância’

O ator Sérgio Hondjakoff, o eterno Cabeção de “Malhação”, que apareceu recentemente visivelmente alterado e ameaçou matar o próprio pai, fez um novo vídeo dizendo que agora está bem, “limpo e abstêmio de qualquer substância”. Ele também aproveitou para pedir perdão ao seu genitor e agradecer aos famosos que o ajudaram a iniciar um novo tratamento (veja o vídeo abaixo).

“Fala galera, aqui é o Serginho Hondjakoff, fiz o Cabeção da ‘Malhação’. Bom, andei preocupando o pessoal esses últimos dias com vídeos no Tik Tok que viralizaram, coisas polêmicas, de ameaças e internação. Estou aqui muito bem, muito calmo, muito são, limpo, abstêmio de qualquer substâncias. Agradeci a todos vocês pela preocupação comigo e quero pedir perdão principalmente ao meu pai que está muito bolado comigo”, disse o ator.

Segundo a coluna de Leo Dias, no jornal “Metrópoles”, famosos como Bruno Gagliasso, Kayky Brito e Rafael Ilha o auxiliaram no processo para que ele receba atendimento especializado. O terapeuta Sandro Barros, indicado para o tratamento, foi quem compartilhou o novo vídeo do ator.

“Quero agradecer ao Jesus Luz, Kayky Brito, Bruno Gagliasso e ao Rafael Ilha, né. A gente bateu um papo super maneiro. Ele me aturou em um momento em que eu estava mal, teve paciência comigo, me apresentou ao Sandro, que é um cara que me ajudou bastante, muito generoso, muito maneiro mesmo. Obrigado galera”, reforçou Sérgio.

Tratamento

O terapeuta explicou em entrevista ao “Metrópoles” como deve ser o tratamento que será feito pelo ator.

“O meu consultório é o cotidiano. O trabalho de acompanhante terapêutico não dá para ser feito on-line. O que eu faço é levar para passear, fazer um esporte, mas cada caso é um caso. Quando a gente fala de comportamento humano, é um cronograma diferente para cada um. Tem paciente que quer correr na praia, tem aquele que quer andar de skate, jogar futevôlei. E será assim com Serginho”, explicou.

“Vou descobrir o que ele gosta de fazer, criar um cronograma que ele goste de praticar, mas sobretudo, eu preciso trabalhar o três pilares: alimentação, sono e atividade física. Quem está nas drogas não come direito, não dorme direito e não faz esporte. O sono tem função reparadora, alimentação também, precisa comer no horário e fazer atividade física”, concluiu Barros.

Ameaças ao pai

Nos últimos dias, Sérgio Hondjakoff chegou a ameaçar o pai durante uma live no Instagram em que apareceu completamente transtornado. Ele disse que o mataria caso não recebesse R$ 1 mil dele.

Na live, ele assume que “deu uns tequinhos” (gíria para uso de cocaína) e que está muito louco e seu pai se recusa a dar dinheiro para ele viajar para São Paulo.

“Fala, galera, beleza? Eu tô aqui pancadão e tá todo mundo aqui querendo me fod4r. Eu tô pedindo R$ 1 mil para o meu pai pra ir pra São Paulo e ele não quer me dar. Eles querem que eu seja internado contra a minha vontade porque eu dei uns tequinhos e eu fico muito louco”, disse.

Durante a live, com um bastão na mão, ele faz a ameaça: “Pai, se você não me der R$ 1 mil eu vou ser obrigado a te matar, né? Você prefere que você me dê R$ 1 mil ou que eu te mate? Você é obrigado a me dar R$ 1 mil”, ameaça.

Hondjakoff já tem histórico de uso de drogas. Em agosto do ano passado, ele foi internado em uma clínica em Pindamonhangaba para tratar o vício de drogas. O assunto foi amplamente divulgado pela imprensa, mas ele negou, inicialmente. Depois resolveu assumir o problema e esclareceu que mentiu para preservar seu filho, que na época tinha pouco mais de 1 ano.

LEIA TAMBÉM:

Cantora Simaria fala sobre atritos recentes com a irmã Simone e desabafa: ‘Grito de socorro’

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos