‘Bom dia, Verônica’: Por que a série é considerada polêmica?

Por Leandro Luz

Se você já assistiu a primeira temporada de “Bom dia, Verônica”, possivelmente há de concordar que a série toca em várias “feridas” de problemas enfrentados por muitos brasileiros, alguns deles por anos. E devido a isso, muitos a consideram polêmica.

Para quem ainda não assistiu, a produção brasileira baseada no livro de mesmo nome, e escrita por Ilana Casoy e Raphael Montes, conta a história de uma escrivã de uma delegacia de homicídios (por Tainá Müller), de uma mulher vítima de violência doméstica (Camila Morgado) e de um serial killer (Eduardo Moscovis), responsável por um violento ritual de caça à mulheres na região central de São Paulo.

E quais são estas “dores” que fazem com que a série ganhe o título de polêmica?

 

Leia também:

 

Violência doméstica e feminicídio

Esse é um dos pontos que guia “Bom dia, Verônica”, na verdade alguns a classificam como um grito de justiça para muitas mulheres que são vítimas diariamente de violência doméstica ou que acabam mortas e entrando para os altos índices de feminicídio.

Aos que já assistiram a produção nacional, podem perceber que sempre no final de cada episódio é disponibilizado um canal para as mulheres façam denúncias e peçam ajuda.

 

Corrupção e descaso

Em “Bom dia, Verônica”, esse tema começa a certo ponto mascarado, mas vai ganhando forma e evidência ao longo dos episódios. Com isso, é possível ver que um problema que é frequente no Brasil também faz parte agora da ficção.

 

Limites morais e éticos

Até onde uma pessoa é capaz de ir para se ter o que quer ou manter-se no poder? Se você acredita que este problema também é comum no Brasil, adicione “Bom dia, Verônica” à sua lista de séries, pois esta produção nacional discute com profundidade esse tema.

 

Por fim, se você já assistiu a série e deseja uma segunda temporada, saiba que ainda não há nenhuma confirmação pela Netflix. Caso tenhamos alguma novidade, faremos uma atualização.

 

Loading...
Revisa el siguiente artículo