Social

VÍDEO: Paraense mirim apaixonada por baratas e outros insetos faz sucesso nas redes sociais

Pequena foi diagnosticada com autismo e mãe diz que incentiva paixão dela como parte de terapia

Pequena paraense esteve em SP e visitou o Museu Planeta Inseto

A pequena Carolina Oliveira de Moraes, de 4 anos, faz sucesso nas redes sociais por conta de uma paixão que causa arrepios em muita gente: ela ama insetos, principalmente baratas. Moradora de Belém, no Pará, ela esteve recentemente em São Paulo, onde visitou o Museu Planeta Inseto e ficou claramente emocionada (veja abaixo).

A mãe dela, Brenda Lopes Oliveira de Moraes, gravou o momento em que a filha se encantou durante o passeio. O vídeo já foi visto quase 1 milhão de vezes e acumula mais de 213 mil curtidas.

Em entrevista ao site UOL, a mãe de Carolina contou que a filha foi diagnosticada com autismo. Desde pequena, ela é levada para diversos passeios para “gastar energia” e acabou demonstrando sua paixão por insetos.

“No autismo, quando identificamos que a criança gosta muito de algo, nós aproveitamos esse gosto para estimulá-la. Então, usamos muito em terapia e em brincadeiras”, contou a mãe.

Segundo Brenda, que disse odiar insetos, o interesse da filha a faz enfrentar seus medos. Além disso, a mãe destacou que a preferência da menina a ajuda no aprendizado na escola. “Ela começou na escola esse ano, com 4 anos, e de maneira geral acaba sendo um interesse que aproxima as crianças dela”, destacou.

Em casa, Carolina tem dois cachorros e um hamster. Mas a família traçou uma estratégia para atrair os bichinhos que ela tanto ama. “Temos um jardim com muitas flores que ela mesma plantou para atrair borboletas e outros insetos e sempre aparecem ‘visitantes’ aqui”, contou Brenda.

A mãe também contou que faz questão de levá-la a lugares em que pode interagir com os insetos. Em sua página pessoal no TikTok, Brenda costuma mostrar a interação da filha com vários bichos. Em uma das publicações mais antigas, a garota aparece encantada com uma borboleta (veja abaixo).

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos