logo
Social
/ Reprodução / Netflix / Reprodução / Netflix
Social 08/07/2021

Elize Matsunaga: A primeira pista que indica culpa por ter assassinado o esposo é revelada

Caso Yoki chocou o Brasil.

Neste 8 de julho a série documental “Elize Matsunaga: Era uma Vez um Crime”, acaba de estrear na Netflix entregando detalhes sobre o brutal assassinato do empresário Marcos Matsunaga, em 2012.

A primeira entrevista de, Elize, que confessou matar o marido com um tiro na cabeça, esquartejar o corpo e abandoar os pedaços em diferentes pontos de uma estrada, trouxe muitas revelações. Inclusive, no primeiro episódio é possível descobrir como as autoridades começam a desconfiar da autoria do crime.

Apesar de enviar e-mails em busca do esposo, lamentando pela sogra, pois pensava no “desespero de não saber onde seu filho está”. Elize levantou suspeita quando foi até o escritório e revelou a um dos advogados que Marcos teria sido visto pela ultima vez saindo do apartamento onde os dois moravam.

Logo, ela pediu para o profissional, acompanhá-la no caso da polícia chegar ao apartamento em que morava com o marido, demonstrando preocupação com a própria defesa e pedindo proteção extra do advogado que já havia sido contratado pela família de Marcos.

A produção mostra que os investigadores ficaram em alerta quando souberam que ela tinha cursado enfermagem, pois os sinais mostravam que o corpo havia sido esquartejado por alguém que entendia de anatomia.

“Quando eu fiz enfermagem a gente tinha uma preparação para  não se envolver com aquele paciente, com aquela dor, com aquela doença, por que se eu quisesse ajudar de alguma forma eu não podia cair ali ou chorar ou, enfim, ver uma pessoa morrer e me abalar por isso”, diz Elize durante a entrevista.

Confira o trailer: