Foco

Vingança: Após ser acusado pela filha por estupro, homem mata a jovem e o genro a tiros, em SC

Polícia acredita que a motivação do crime foi vingança; autor também foi baleado e não resistiu

Autor também morreu

Uma tragédia familiar chocou os moradores da cidade de Galvão, em Santa Catarina, na segunda-feira (1º). Um pai matou a própria filha e o genro a tiros e, durante o tiroteio, também foi baleado e não resistiu aos ferimentos. Segundo a Polícia Civil, a jovem tinha denunciado o genitor por estupro e a corporação acredita que o homem a matou por vingança.

“Pelas informações colhidas no local, tudo indica que o autor foi até lá como vingança por ter sido processado por sua filha por estupro”, disse o delegado Roberto Marin Fronza, em entrevista ao site G1.

O crime ocorreu ainda durante a madrugada, em uma residência que fica na Rua Sete de Setembro, na cidade de Galvão. Conforme o boletim de ocorrência, Antônio Marcos Pereira de Oliveira, 45, invadiu a casa quando todos ainda dormiam, matou a própria filha, Poliana da Silva de Oliveira, 24, o genro, Ewerton Bett de Oliveira, 30. Houve uma confusão, quando o autor do crime também foi baleado e não resistiu.

Outras pessoas estavam na casa e pelo menos mais duas ficaram feridas. Se tratam do pai e do irmão de Ewerton. Ambos foram levados à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da cidade e, posteriormente, transferidas ao hospital. Não há mais informações sobre o estado de saúde deles.

O caso segue em investigação na delegacia de Galvão. Ainda segundo a polícia, Oliveira já tinha antecedentes criminais, entre eles por lesão corporal, ameaça, injúria, furto, rixa, desacato, perturbação do sossego e calúnia.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos