Foco

Cantora Elza Soares morre aos 91 anos

Comunicado foi feito em seu Instagram pessoal na tarde de hoje (20)

Cantora Elza Soares morre aos 91 anos

A cantora brasileira Elza Soares faleceu hoje, aos 91 anos, em sua residência, na cidade do Rio de Janeiro.

Em comunicado no seu perfil do Instagram, os familiares e equipe informaram que a morte ocorreu às 15 horas e 45 minutos da tarde de hoje, quinta-feira (20), por causas naturais.

No texto, a família diz: “Ícone da música brasileira, considerada uma das maiores artistas do mundo, a cantora eleita como a Voz do Milênio teve uma vida apoteótica, intensa, que emocionou o mundo com sua voz, sua força e sua determinação. A amada e eterna Elza descansou, mas estará para sempre na história da música e em nossos corações e dos milhares fãs por todo mundo. Feita a vontade de Elza Soares, ela cantou até o fim”.

LEIA TAMBÉM:

Famosos lamentam a morte da cantora Elza Soares, aos 91 anos

Elza Soares faleceu no mesmo dia que Garrincha, com quem teve um romance

VÍDEO: Elza Soares conta o que fez uma plateia inteira rir dela em seu primeiro show

Trajetória

Consideradas uma das melhores cantoras do Brasil e símbolo de resistência, Elza nasceu em 23 de junho de 1930, na zona oeste do Rio de Janeiro, na então favela de Moça Bonita. Foi obrigada a se casar aos 12 anos, mas ficou viúva aos 21.

Sua longa trajetória na música teve início em 1953, aos 23 anos, após participar do programa ‘Calouros em Desfile’, da Rádio Tupi.

Já famosa, a cantora viveu um romance com Garrincha. Após a Copa do Mundo de 1962, o jogador de futebol se separou da esposa para viver com Elza, mas tiveram o romance oficializado apenas em 1966. Com uma relação conturbada, se separaram em 1982. Garrincha faleceu no ano seguinte.

Nos anos 1999, Elza Soares recebeu o título de ‘Melhor Cantora do Milênio’, segundo a BBC Londres.

Em 2015 lançou o álbum ‘A Mulher do Fim do Mundo’, primeiro discos apenas com músicas inéditas e autorais, após 50 anos de carreira. Misturando os gêneros MPB, samba, rock, rap e eletrônica, o disco fala sobre temas atuais, como violência doméstica e negritude.

Após ‘se reinventar’, a cantora vinha fazendo apresentações e turnês pelo Brasil. Após sofrer uma queda de um palco durante um show, a cantora desenvolveu problemas de coluna e se apresentava sempre sentada.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos