Foco

SP: Polícia Militar monta esquema especial para manifestação na Avenida Paulista neste domingo

Ato foi convocado por grupos contra o presidente Jair Bolsonaro.

A Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP) informou que foi montado um esquema especial de policiamento para acompanhar uma manifestação marcada para este domingo (12), das 14h às 18h, na Avenida Paulista, na região central da capital. Os atos foram convocados por grupos que protestam contra o presidente Jair Bolsonaro (sem partido).

Segundo a SSP-SP, além do policiamento regular da capital, um efetivo com cerca de dois mil policiais militares atuará a fim de proteger as pessoas, preservar patrimônios e garantir o direito de ir e vir, bem como o de livre participação nos atos e a fluidez no trânsito no local.

Leia também:

  1. Jovem é condenado a 23 anos de prisão por matar e esconder corpo de turista japonesa em Goiás
  2. Passados 20 anos, consequências dos ataques de 11 de setembro ainda geram debate
  3. Prefeitura de SP passa a permitir velório de vítimas da covid-19 infectadas há mais de 20 dias
  4. Bombons de licor, fim do noivado: veja as 10 desculpas mais usadas para recorrer das multas por dirigir bêbado

O patrulhamento será intensificado em toda a cidade desde as primeiras horas do dia, especialmente nas imediações das estações do Metrô, terminais de ônibus e em áreas com grande fluxo de pessoas contarão com o reforço. Serão feitas abordagens e revistas pessoais e em mochilas ou bolsas serão realizadas em diferentes pontos da cidade e não somente em áreas próximas ou locais de acesso ao ato.

Recomendados

A Polícia Militar ressalta que será proibido o porte de objetos que possam atentar contra a vida ou integridade física dos demais presentes no ato, população em geral e policiais. Entre os objetos que não podem ser usados estão armas brancas e de fogo, bastões, fogos de artifício, sinalizadores e drones.

Quem estiver na posse destes materiais será conduzido à delegacia para o registro da ocorrência. Paralelamente às revistas, as equipes da Polícia Militar realizarão o trabalho de monitoramento e fiscalização dos manifestantes, por meio das câmeras operacionais portáteis (COPs) do sistema Olho Vivo.


Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos