logo
Foco
Ursinho de pelúcia / Pixabay/DivulgaçãoUrsinho de pelúcia / Pixabay/Divulgação
Foco 10/09/2021

Pais são presos por ‘vender’ filha de 11 anos por três cervejas no Maranhão

Garota conseguiu fugir, mas genitores não a aceitaram de volta por ela não ser mais virgem

Por : Metro World News

A Polícia Civil do Maranhão prendeu na última quinta-feira (dia 9), na cidade de Pinheiro, pai e mãe de uma menina de 11 anos pelo crime de estupro de vulnerável. Segundo as investigações da Delegacia Especializada da Mulher de Pinheiro, o casal vendeu a própria filha em troca de três cervejas.

Leia também:

VÍDEO: PM resgata onça pintada e dezenas de animais silvestres que eram mantidos em cativeiro, em Peruíbe

Caixa abre concurso exclusivo para pessoas com deficiência

Caso Henry Borel: Justiça vai ouvir testemunhas de acusação

Vídeo alucinante registra momento em que 11 raios em sequência atingem o mesmo poste de luz; assista

O crime chegou ao conhecimento das autoridades no fim de agosto. Diligências confirmaram os fatos apresentados na denúncia e revelaram ainda que, um dia após ser “vendida”, a garota fugiu da residência do “comprador” e retornou para casa de seus pais. Estes, porém, não a acolheram, alegando que a menor já não era mais virgem e que eles ficariam mal falados.

Os genitores da menina tiveram prisão temporária decretada, assim como o homem que a “comprou”. Se condenados, a pena vai de oito a 15 anos de prisão.

A criança está sob a responsabilidade do Conselho Tutelar.