logo
Foco
/ Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil / Foto: Marcello Casal Jr. / Agência Brasil
Foco 07/07/2021

Ocupação de leitos de UTI está abaixo de 70% no Estado de São Paulo

Avanço da vacinação é a grande responsável pelo novo cenário

Por : Metro World News

O Estado de São Paulo tem apresentado queda progressiva dos indicadores da covid-19, principalmente no que diz respeito à ocupação de leitos. A informação foi dada no início da tarde desta quarta-feira (dia 7), durante coletiva de imprensa do Palácio dos Bandeirantes.

Segundo João Gabbardo, coordenador-executivo do Centro de Contingência do Coronavírus de São Paulo, a taxa de ocupação dos leitos de UTI (Unidade de Terapia Intensiva) hoje está em 69% no Estado. Na Grande São Paulo, o índice está na casa dos 64%. Já na Baixada Santista, chega a 44%.

Leia também:

Shoppings, bares e restaurantes de São Paulo têm horário de funcionamento ampliado

Paulo Menezes, presidente do Centro de Contingência, ressaltou que a vacinação é a grande responsável pelo novo cenário que começa a se impor.

O especialista declarou que, caso a redução dos casos continue, é possível pensar em novas flexibilizações. De qualquer forma, medidas de segurança continuam sendo necessárias, ainda mais levando-se em conta a presença da variante Delta.

De acordo com o boletim divulgado pelo governo do São Paulo, mais 3,8 milhões de pessoas no Estado já foram diagnosticadas com a covid-19 desde o começo da pandemia. Destas, mais de 130 mil perderam a vida.

O boletim completo e atualizado pode ser conferido aqui.

Ampliação do comércio

O governo de São Paulo anunciou ainda nesta quarta-feira a ampliação do horário de funcionamento dos shoppings, bares, restaurantes e demais atividades econômicas das 21h para 23h. A medida vale a partir de sexta-feira (dia 9).

Apesar da flexibilização, o Estado continuará na fase de transição do Plano São Paulo até 31 de julho.

A taxa de ocupação das atividades de comércio e serviços também será ampliada dos atuais 40% para 60%, sempre mantendo os protocolos sanitários de distanciamento e proteção contra a covid-19.

O toque de recolher continua valendo, agora das 23h às 5h da manhã. Dessa forma, o rodízio de veículos da Capital também será alterado para funcionar no mesmo horário, de acordo com o calendário de placas.