Procon e OAB cobram ações contra vazamento de dados

Por Metro

A empresa de análise de crédito Serasa Experien é alvo de questionamentos do Procon-SP e da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) após ser indicada como fonte de vazamento de dados de milhões de brasileiros.

O caso foi revelado pelo dfndr lab, laboratório de segurança da PSafe, no dia 21. Além de mais de 223 milhões de CPFs, foram vazadas informações como nome, endereço, imposto de renda, fotos e escores de crédito. Além disso, 40 milhões de CNPJs, com informações atreladas a eles, também foram disponibilizados.

O Procon notificou a Serasa para que confirme o vazamento e indique que reparação será realizada. Já a OAB pediu para a Autoridade Nacional de Proteção de Dados medidas imediatas.

A Serasa afirma que, embora o hacker diga que parte dos dados veio da empresa, com base em  análise detalhada, “concluímos que a Serasa não é a fonte. Também não vemos evidências de que nossos sistemas tenham sido comprometidos”.   

Loading...
Revisa el siguiente artículo