Estado de São Paulo registra a maior temperatura da história

Por Metro World News

O estado de São Paulo registrou na quarta-feira (7) a maior temperatura da história: 43,5°C, na cidade de Lins, no interior. A marca supera os 43°C do município de Iguape, em 1933. Os dados são do Inmet (Instituto Nacional de Meteorologia).

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Vale Outubro

O recorde é resultado da onda de calor que atinge a região central do Brasil, principalmente em parte do Sudeste, Centro-Oeste e algumas regiões do Tocantins. As altas temperaturas são registradas por vários dias seguidos por conta de um bloqueio atmosférico que não deixa as frentes frias se aproximarem.

Ontem, o Inmet ligou um alerta de risco de morte por causa do calor extremo que atinge o país. Isso ocorre quando é registrado 5°C acima da média por cinco dias seguidos ou mais em algumas regiões. Conforme informações do Climatempo, a onda de calor deve durar até o fim da primeira quinzena de outubro, quando as chuvas voltam a cair.

Para além de São Paulo e do Brasil, o mês de setembro foi o mais quente da história do planeta, de acordo com o Serviço Copérnico contra a Mudança Climática da União Europeia (mais informações na página 08).

Loading...
Revisa el siguiente artículo