Governo do Estado de São Paulo registra CoronaVac na Anvisa

Por Metro World News

O Governo do Estado de São Paulo registrou nesta sexta-feira (2), a documentação da CoronaVac, vacina contra o novo coronavírus desenvolvida pelo laboratório chinês SinoVac em parceria com o Instituto Butantan. Depois que a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) publicou novas normativas técnicas, o processo se tornou mais simples.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Vale Outubro

"A Anvisa agora estabeleceu um fluxo contínuo. Os documentos podem ser remetidos à Anvisa para o dossiê correspondente à medida que eles são gerados. Isso tem o objetivo de facilitar a análise dos técnicos da Anvisa e permitir que não haja atrasos nesse processo que é tão importante para todos nós", explicou Dimas Covas, diretor do Instituto Butantan.

Estudo

Um estudo clínico do laboratório chinês Sinovac Biotech comprova a segurança da CoronaVac, a vacina desenvolvida em parceria com o Instituto Butantan. Segundo o governador João Doria, 94,7% dos mais de 50 mil voluntários testados na China não tiveram qualquer problema.

Outras 5,3% das pessoas testadas em território chinês tiveram reações adversas, mas nenhuma grave. A maioria das reclamações é de dor no local da aplicação. Já dados sobre a eficácia de imunização da vacina para a covid-19 só serão divulgados após o fim da terceira fase dos estudos.

A estimativa é que a imunização comece em dezembro.

Loading...
Revisa el siguiente artículo