logo
/ Metro / Metro
Foco 09/07/2020

Ensino Médio terá 4º ano em SP para compensar problemas com a pandemia

O governo de São Paulo vai criar o 4º ano do ensino médio para tentar compensar a defasagem no ensino por causa da pandemia. Em entrevista exclusiva à Rádio Bandeirantes, o secretário estadual da Educação, Rossieli Soares, disse que os alunos não serão obrigados a cursar esse ano a mais.

Segundo ele, a ideia é dar suporte àqueles que sentirem necessidade de um reforço. O prejuízo causado pela suspensão das aulas presenciais será aferido em avaliações aplicadas na volta às salas, prevista para setembro.

Dos mais de 3,4 milhões estudantes da rede estadual, de acordo com Rossieli Soares, 2,6 milhões aderiram às aulas pela internet e TV.

À Rádio Bandeirantes, o secretário afirmou ainda que concorda com a aplicação do Enem em janeiro e fevereiro. Para Rossieli Soares, depois de acertar na decisão sobre o exame, o governo precisa escolher logo um novo titular para o MEC.

O secretário foi entrevistado por Thays Freitas, Claudio Humberto e Pedro Campos, no Jornal Gente.

Assista a entrevista na íntegra: