Nasa confirma que o Sol está se “apagando”, mas descarta nova era do gelo na terra

Por Alejandro Osorio / Publimetro

Alguns dias atrás, o astrônomo Tony Phillips apresentou a teoria de que o sol está se apagando e que deve gerar efeitos muito fortes para a Terra.

Falou-se até de retornar de um período muito semelhante ao "Dalton Minimum", quando o planeta perdeu dois graus médios entre 1790 e 1830, causando sérios danos à agricultura.

No jornal The Sun, foi levantado que o Sol está entrando em um novo estágio de recessão, até mesmo a possibilidade de um estágio de temperaturas muito baixas. Tal agitação causou os comentários de Phillips e a NASA confirmou a teoria apresentada pelo astrônomo.

Em seu blog "Ask Nasa Climate", a agência explicou que o Sol passa por mudanças naturais em sua produção de energia, dependendo da quantidade de manchas solares que a estrela mostra. Geralmente, eles são a cada 11 anos.

A NASA confirma que o Sol está entrando em um período mais silencioso, pois possui menos pontos e emite menos energia. Isso é conhecido como "Grande Mínimo Solar".

A última vez que algo assim ocorreu foi entre 1650 e 1715, um período conhecido como "Pequena Era do Gelo" no hemisfério norte.

Nesta linha, se um "Grande Mínimo Solar" for iniciado, o impacto será menor, dado o fenômeno do aquecimento global que a Terra está experimentando.

LEIA TAMBÉM:

Loading...
Revisa el siguiente artículo