Hospitais de campanha em São Paulo têm sete mortes por covid-19

Por Metro World News

O hospital de campanha do Anhembi, na zona norte de São Paulo, registrou mais duas mortes na quarta-feira (29) por covid-19, doença causada pelo novo coronavírus (Sars-CoV-2). Foram dois homens, de 57 anos e 80 anos, ambos com histórico de comorbidades.

De acordo com a Secretaria Municipal da Saúde, os hospitais de campanha na capital já tiveram sete óbitos pela doença, sendo seis no Anhembi e um no estádio do Pacaembu, na zona oeste. Ambos ainda possuem vagas para internação – novos pacientes só podem ingressar no local por transferência de postos de saúde públicos. Veja situação de cada unidade:

Hospital de campanha do Anhembi
• 1800 leitos disponíveis;
• 413 pacientes internados, sendo 397 em leitos de enfermaria e 16 em leitos de estabilização;
• 54 pacientes já tiveram alta.

Hospital de campanha do Pacaembu
• 200 leitos disponíveis;
• 145 pacientes internados, sendo 139 em leitos de enfermaria e 6 em leitos de estabilização;
• 20 pacientes já tiveram alta.

Para esta sexta-feira, 1º de maio, está prevista a abertura de um hospital de campanha no centro esportivo do Ibirapuera, na zona sul. Serão mais 268 leitos, montados no estádio anexo ao Ginásio do Ibirapuera.

Profissionais de saúde

A Prefeitura de São Paulo afirma que, até quarta, 13 profissionais de saúde atuando no sistema público do município morreram com covid-19. Outros 3.106 estão afastados, sendo que 713 tiveram a doença confirmada.

Loading...
Revisa el siguiente artículo