Preço do ovo dispara com demanda na Quaresma e alta no dólar

Por Lucas Herrero - Rádio Bandeirantes

A maior demanda na Quaresma e a valorização do dólar explicam a alta recorde no preço do ovo. Uma caixa com 30 dúzias do tipo branco subiu de R$ 99 pra R$ 117 em Bastos, no interior de São Paulo, cidade que tem a maior produção nacional.

O aumento de 17% representa a maior marca da série histórica, medida a partir de 2013 pelo CEPEA-Esalq (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada) da USP (Universidade de São Paulo).

Veja também:
São Paulo tem 39 casos suspeitos de covid-19 entre moradores de rua
SP lança tira-dúvidas da covid-19 por WhatsApp

Nas feiras e mercados da capital paulista, uma dúzia que custava entre R$ 5 e R$ 6 há duas semanas, hoje está saindo por R$ 10. À Rádio Bandeirantes, a Ceagesp disse que o aumento se deu pela maior procura na quarentena, já que muitas pessoas substituem a carne pela proteína do ovo.

Já a ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal) explicou que como o dólar está sendo negociado acima de R$ 5 reais o Brasil passou a exportar mais soja e milho. Portanto, a quantidade de grãos pra alimentação das galinhas diminuiu no mercado nacional, enquanto a produção seguiu igual, gerando desequilíbrio e aumento de preço.

Loading...
Revisa el siguiente artículo