Presos em rinha de cães em Mairiporã passam por audiência de custódia nesta segunda

Por Metro World News com rádio Bandeirantes

Deverão ser julgados nesta segunda-feira (16) em audiência de custódia as 41 pessoas presas em uma rinha de cães, em Mairiporã, na Grande São Paulo. Se o juiz negar a liberdade deles, todos deverão ir à prisão.

Entre os detidos estavam dois adolescentes e cinco estrangeiros, sendo dois mexicanos, dois peruanos e um americano. Um policial militar preso já foi levado para o presídio Romão Gomes, zona norte da capital, segundo a Record TV.

Veja também:
Bandidos invadem duas agências bancárias em Moema
Assalto a banco tem tiroteio e via bloqueada no Grajaú; ônibus foram desviados

Os presos respondem por jogos de azar, associação criminosa e maus-tratos contra animais com agravante de morte.

Segundo as investigações, a rinha ilegal era combinada em um grupo no aplicativo de mensagens WhatsApp. O local foi descoberto com a ajuda da Polícia Civil do Paraná, que investiga um fornecedor de animais.

Os 19 animais encontrados, todos da raça pit bull, estavam muito machucados. Um cachorro foi encontrado morto.

Loading...
Revisa el siguiente artículo