Foco

Tiro que matou Ágatha partiu da arma de um policial, diz inquérito

A Polícia Civil identificou nesta terça-feira (19) que partiu da arma de um policial militar o tiro que matou Ágatha Félix, de 8 anos, no Complexo do Alemão. A informação consta no inquérito que investiga o crime, que aconteceu no dia 20 de setembro.

De acordo com o documento, houve um «erro de execução» e o objetivo não era atingir a criança, mas dar um «tiro de advertência» para forçar a parada de dois homens que estavam numa motocicleta.

Veja também:
Tamoios é liberada mais de 17h após acidente com caminhão-tanque que causou incêndio e morte
Mercado de trabalho é tema mais urgente para os negros, diz pesquisa do Google

Uma perícia já tinha apontado que um fragmento de projétil encontrado na criança tinha ranhuras idênticas à do cano do fuzil usado pelo PM.

Ainda de acordo com o laudo, a bala atingiu primeiramente um poste e um estilhaço provocou a morte.

A PM (Polícia Militar) disse que vai aguardar a decisão judicial e o militar cumpre funções administrativas.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos