Foco

Autoridades investigam as causas do acidente que matou duas idosas na praia de Maragogi

As autoridades locais investigam as causas do acidente envolvendo um catamarã que matou duas idosas na praia de Maragogi, no litoral de Alagoas. O barco transportava 60 pessoas, incluindo 52 turistas, quando afundou na tarde de sábado (27) em um dos principais pontos turísticos do Brasil.

De acordo com o Corpo de Bombeiros da cidade, a chance da embarcação ter colidido com corais é pequena pois a maré estava alta no momento de acidente e o mar não estava agitado.

Veja também:
Após abastecimento, navios iranianos deixam porto de Paranaguá
Sem vencedores, Mega-Sena acumula e deve pagar R$ 10 milhões na quarta

As duas vítimas eram do Ceará e, quando o acidente aconteceu, o barco estava a cerca de 1,5 km da margem da praia. Por meio de nota, a Prefeitura de Maragogi disse que a embarcação era «irregular».

Segundo o relato das vítimas, o transporte marítimo não tinha suporte aos passageiros e nem colete salva-vidas para atender a quantidade de pessoas a bordo. Ainda de acordo com a administração municipal, o catamarã havia sido notificado outras vezes sobre a falta de recursos de segurança.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos