Foco

Ibovespa sobe 0,41% com melhora de expectativa para juros

O mercado brasileiro de ações voltou timidamente às compras nesta quinta-feira, 27, e levou o Índice Bovespa a uma alta de 0,41%, aos 65.277,38 pontos. O tom «dovish» do Banco Central animou os investidores do mercado de ações – principalmente pela manhã -, mas não chegou a empolgar o mercado, ainda bastante concentrado em operações de curto prazo. O volume de negócios somou R$ 5,9 bilhões.

O Ibovespa chegou a subir 1,03% no início dos negócios (65.677,56 pontos), sob clara influência da decisão do Comitê de Política Monetária (Copom), que ontem cortou a taxa Selic em 1 ponto porcentual, para 9,25% ao ano. As projeções dos analistas, quase todas de manutenção do ritmo de corte na próxima reunião do comitê, endossaram a expectativa de maior incentivo ao resultado das empresas.

«A bolsa abriu espelhando a ideia de que os juros mais baixos vão trazer mais dinheiro para o mercado. Mas como não há dinheiro novo, a alta perdeu sustentação», disse Ariovaldo Ferreira, gerente de renda variável da Hcommcor. Para ele, alguns resultados financeiros também acabaram por limitar os ganhos, com frustrações pontuais das estimativas. «Há algumas reações negativas aos balanços, mas todos até agora estão condizentes com o atual momento da economia e dos setores onde atuam», afirma.

Um dos destaques entre os resultados do dia foi a Vale, que anunciou lucro líquido de US$ 16 milhões no segundo trimestre de 2017, ante um ganho de US$ 1,106 bilhão no mesmo período de 2016 e US$ 533 milhões da média de cinco projeções consultadas pelo Broadcast, serviço de notícias em tempo real do Grupo Estado. A queda no lucro foi atribuída essencialmente a fatores conjunturais, como as variações do minério de ferro e cotação do dólar. Ao final do pregão, Vale ON teve alta de 0,13%, enquanto Vale PNA recuou 0,47%. No exterior, o dia foi de queda dos índices de metais.

Já o Bradesco teve lucro líquido ajustado de R$ 4,704 bilhões, com alta de 13% sobre o segundo trimestre de 2016 e pouco acima da média das projeções, de R$ 4,571 bilhões. Apesar de o resultado ter ficado dentro do estimado, a revisão dos guidances do banco gerou cautela entre os investidores. Com isso, Bradesco ON e PN caíram 1,01% e 0,13%, respectivamente. Itaú Unibanco PN subiu 0,11%.

A prisão de Aldemir Bendine, ex-presidente da Petrobras e do Banco do Brasil, não teve efeito sobre as ações da petrolífera, que acompanharam os ganhos do petróleo e subiram 0,52% (ON) e 0,15% (PN). Já BB ON caiu 0,87%.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos