Foco

Edital para transpor rio Paraíba sai nesta sexta-feira

O governador Geraldo Alckmin (PSDB) afirmou nesta segunda-feira que o edital do projeto de transposição de água da represa Jaguari, na bacia do rio Paraíba do Sul (Rio de Janeiro), para o reservatório Atibainha, do sistema Cantareira, deve ser lançado na próxima sexta-feira. A obra foi incluída no PAC (Programa de Aceleração do Crescimento) e faz parte dos projetos para combater a falta de água em São Paulo. As obras devem durar um ano e meio.

“[A obra] deve ser aprovada pelo conselho na Sabesp na quinta-feira e na sexta já deve estar lançado o edital. É uma intervenção histórica porque você interliga bacias hidrográficas, uma ajuda a outra e você diminui a vulnerabilidade”, disse o governador.

O projeto havia sido anunciado por Alckmin em março de 2014, com custo estimado em R$ 830 milhões. A obra prevê levar 5 mil litros de água por segundo de um reservatório ao outro.

Em reunião no último dia 16, o grupo criado pela ANA (Agência Nacional de Águas) aprovou as conclusões do Relatório Conjunto, que trata da segurança hídrica da Bacia e da viabilidade hidrológica da interligação.

O rio Paraíba do Sul é a principal fonte de abastecimento de água do Rio. Ontem, o reservatório de Santa Branca, o segundo maior sistema que abastece o Rio, chegou ao volume morto. Ele é o segundo reservatório a chegar na reserva técnica.

Na quarta passada, o reservatório Paraibuna atingiu seu volume morto – água abaixo do nível das comportas – pela primeira vez, desde sua criação em 1978.

 

Santa Branca

O menor dos quatro reservatórios que abastecem o Rio de Janeiro atingiu o volume morto no domingo, segundo o ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico).

Santa Branca, localizado em São Paulo, possui capacidade de 30,7 milhões de litros. Desta forma, as hidrelétricas associadas ao reservatório foram desligadas.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos