Estilo de Vida

‘Não se aproximem dele’: polícia inicia caçada a bandido perigoso em meio a alerta de ‘manter distância’

Estava cumprindo uma sentença de prisão perpétua.

Em meio a um alerta de ‘manter distância’, a polícia inglesa iniciou nesta semana uma caçada a uma bandido perigoso.

O assassino Jason Mills fugiu de uma penitenciária em Gloucestershire, com a polícia alertando para quem o encontrar não se aproximar dele.

O homem de 49 anos foi preso há mais de 20 anos por assassinar sua namorada e estava cumprindo uma sentença de prisão perpétua, como detalhado pelo site The Mirror.

Recomendados

No entanto, Mills recebeu uma licença temporária, mas não retornou à prisão conforme o prazo estipulado.

Ele estava usando um boné preto, colete preto, casaco azul, jeans e tênis branco.

Polícia inicia caçada a bandido perigoso em meio a alerta de ‘manter distância’

“Mills foi condenado por assassinato em 2001. Ele é conhecido por ter ligações no condado de Essex, onde o crime ocorreu”, disse um porta-voz da polícia.

“Se você vir Mills, por favor, não se aproxime, ligue para 999 citando a referência 5222081856, ou ligue para 101 com qualquer outra informação.”

Mills assassinou brutalmente a jovem Toni Mills, na época com 24 anos.

‘Não se aproximem dele’

Durante seu processo judicial em outubro de 2001, foi revelado que ele tinha 99 condenações anteriores, principalmente por roubo.

Segundo o site, ele negou o assassinato, alegando que Toni havia sofrido um ataque.

Embora as evidências apresentadas aos jurados mostrassem que seus ferimentos incluíam hematomas internos e externos e danos ao abdômen, que não poderiam ter sido causados por um único soco.

Ainda de acordo com as informações, o júri chegou a um veredicto unânime e Mills foi considerado culpado.

Com informações do site The Mirror

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos