Libertadores: Palmeiras e Santos deixam São Paulo sob festa das torcidas

Por Wilson Dell'Isola - Metro

Para palmeirenses e santistas, parece que leva cem anos até o relógio bater 17h de sábado, né? Quando os ponteiros se cruzarem, enfim a bola rolará para o maior Clássico da Saudade já visto, no Maracanã, valendo a taça desta edição icônica da Copa Libertadores da América.

Até lá, os torcedores vão curtindo cada passo das suas equipes, que deixaram ontem São Paulo para tomarem conta do Rio de Janeiro. Não sem antes ter o último “contato” com a galera. Houve aglomeração – o que é nada recomendado em tempos como os de hoje, é bom que se diga. E as dezenas de torcedores, dos dois times, que decidiram quebrar o protocolo, fizeram bastante barulho, com cantos, faixas, bandeiras e sinalizadores em frente ao Aeroporto de Guarulhos para dar o último apoio “presencial” às delegações.

O time da Baixada Santista embarcou primeiro. Ganhou o Rio logo após o meio-dia. A delegação alviverde, pouco depois, às 16h30. Ambas seguiram com toda pompa que merecem finalistas da Libertadores, em aviões com os distintivos do clube estampados nas partes externas.

Treinos, entrevistas coletivas e reconhecimento do gramado tomarão conta da agenda até que a história registre no caderninho com quais cores a América será pintada.

PALMEIRAS

A programação alviverde até a grande final

• Quinta-feira (28). Treino no estádio do Botafogo, o Engenhão. A delegação palmeirense está hospedada em um hotel na Barra da Tijuca

• Sexta-feira (29). Treino, novamente no Nilton Santos, e reconhecimento do gramado do Maracanã

SANTOS

A programação alvinegra até a grande final

• Quinta-feira (28). Treino, no CT do Fluminense, que fica a cerca de 20 minutos do hotel onde a delegação santista está hospedada

• Sexta-feira (29). Treino, no mesmo local, e reconhecimento do gramado do Maracanã

Loading...
Revisa el siguiente artículo