Esporte

Interino admite abatimento da equipe após saída de Tite

O técnico interino Fábio Carille admitiu que o elenco do Corinthians se abateu com a saída do técnico Tite. Depois da derrota por 1 a 0 para o Fluminense, no Mané Garrincha, ele também elogiou a atuação da equipe e afirmou que não planeja ser efetivado no cargo.

«Acabei chegando quinta a Brasília. As informações que eu tenho é que ontem eles estavam muito mais abatidos do que hoje. Senti o time hoje muito bem. Cheguei no horário do almoço. Não vejo assim (time sentindo a falta). Gostei da equipe. Mesmo com um jogador a menos, conseguiu rodar bem a bola, trabalhar e agredir o adversário», disse em entrevista coletiva.

«Sempre deixei claro que eu quero ser treinador. Mas eu tenho certeza de que não é momento. Porque está saindo uma referência que é o Tite. E eu sou jovem para assumir tudo isso. Sou funcionário do clube, tenho vontade, mas não é o momento», completou.

Leia mais:
No primeiro jogo sem Tite, Corinthians perde do Fluminense

Com 13 pontos, o Corinthians deixou o G4 do Brasileirão e agora ocupa o 5º lugar. No domingo, o time volta a campo para enfrentar o Botafogo, às 16h, na Arena Itaquera.

Cássio diz que time sentiu falta

“É inevitável sentir a falta dele por a gente não ter um técnico. O Fábio (auxiliar) fez tudo para acertar, mas teve duas lesões (Walter e Elias) para complicar. Tite nos ajudou muito, fez muito por nós, mas agora não faz mais parte. É uma nova etapa. Com um treinador no banco, poderia ser diferente, e vamos ver se na próxima semana chega um treinador e com a tática dele muda as coisas», disse o goleiro, que entrou durante a partida.

Apesar de ter ficado na reserva nos últimos sob o comando de Tite, Cássio desejou sorte ao treinador e demonstrou respeito com as decisões tomadas.

«Ficamos muito felizes pelo trabalho que o Tite fez. Às vezes, ele dá um conselho que você não aceita muito, fica chateado, mas depois entende. Temos é claro um carinho, ganhamos títulos com ele e respeitamos muito. Desejo muita sorte a ele», afirmou.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos