Entretenimento

“Das mulheres mais fortes que conheci”: Ana Maria Braga chora ao falar sobre Palmirinha

O Mais Você de hoje prestou homenagem à amiga de longa data de Ana Maria e emocionou espectadores

Ana Maria Braga se emociona ao lembrar da amiga

A manhã de hoje no Mais Você foi dedicada à despedida de Palmirinha, grande amiga de Ana Maria Braga. A apresentadora começa o matinal dizendo que não pôde comparecer ao velório de Palmirinha, mas que enviou um repórter para representá-la.

O repórter questionou Tânia, Nancy e Sandra, filhas de Palmirinha “Vocês estão em paz?”, ao que elas responderam: “Hoje nós estamos em paz. A gente tá sentindo toda essa serenidade dela e o carinho de todas as pessoas, dos amiguinhos, das amiguinhas, dos netinhos e netinhas. A gente conseguiu encontrar a força pra passar por isso, nos amiguinhos do Brasil que nos mandaram tantas mensagens e amor”.

O repórter do Mais Você, continuou emocionado: “Ela era unanimidade. Todas as pessoas e emissoras estão aqui, como vocês sentem esse carinho todo?”.

“É tão grande isso, é tão nobre, é tão supremo. É gratificante”, disse a Sandra Bucci, filha da apresentadora. E continuou: “Uma comida feita sem amor, não é uma comida gostosa”.

Ana Maria, que caiu no choro ao falar da amiga, comentou: “Ela tinha uma aparência de vovózinha mesmo, mas é uma das mulheres mais fortes que eu conheci, ao longo da vida toda”.

“Tudo o que ela enfrentou para chegar aqui e voltar a trabalhar aos 60 anos. Ela teve a chance de se reinventar”, continuou Ana.

Então, as filhas de Palmirinha falaram sobre o amor de sua mãe por Ana Maria: “O único momento nessas últimas semanas que ela esteve lúcida, o único momento que ela abria um sorriso, era durante o seu programa. Ela te amava muito”.

E Ana complementou: “Muito obrigada, Ana, por tudo o que você fez por ela. Ela te amava muito e nós somos muito gratas por tudo o que voce proporcionou para ela. O crescimento dela a gente deve a você”.

Ana Maria continuou se declarando para a amiga: “Ela não era minha amiguinha, ela era minha amigona. Eu ficava sempre muito orgulhosa quando eu via a Palmirinha. E ela sempre foi muito forte. Eu amo a Palmirinha e a mulher que ela foi, que ela é. Família para ela, era tudo. Vocês tem um legado só de orgulho”.

E brincou ainda sobre sua amiga: “1 metro e meio de pura safadeza. Ela era muito engraçada” e continuou: “O céu hoje está mais doce, mais alegre por ela estar chegando lá”.

Leia também:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos