Entretenimento

VÍDEO: Zé Felipe é atingido por tênis no rosto durante show no RJ e lamenta: ‘Quase arrancou’

Cantor se apresentava em Italva quando mulher jogou calçado em direção ao palco

O cantor Zé Felipe foi atingido no rosto por um tênis durante um show em Italva, no Rio de Janeiro, no domingo (12). No seu Instagram, ele falou que o objeto foi arremessado por uma mulher que estava na plateia e que “queria uma foto com ele”.

Imagens divulgadas pelo perfil “Gossip do Dia” mostraram o momento em que o cantor foi atingido e ficou sem reação, apenas olhando para a fã (veja abaixo).

Na terça-feira (14), ele falou sobre o episódio: “Desculpa o sumiço. Estava me recuperando da ‘tenizada’ que levei no queixo. Machucou muito a ‘face’ da minha cara, quase arrancou”, declarou o cantor.

“Vou contar para vocês o que aconteceu... Estava no meio do show e, de repente, ‘pum’, um tênis na minha cara. Olhei para baixo e a mulher que jogou estava com a mão levantada”, relatou, imitando o gesto do fã.

O ator João Guilherme, irmão de Zé Felipe, criticou nas redes sociais a situação e a classificou como uma “agressão”. “O show dele é bom pra c*ralho e tem gente pensando em desviar a atenção de alguma forma... Vai entender a cabeça do infeliz”, disparou.

Processo por plágio

O cantor Zé Felipe está sendo processado pelo compositor José Carlos de Lima Pereira, mais conhecido como Carlinhos Mutuca. Ele afirma que o hit “Toma Toma Vapo Vapo” seria, na verdade, um plágio de uma das canções de autoria de José Carlos, a faixa “Vip Vap”. O caso corre na Comarca de Bragança Paulista, interior de São Paulo.

Mutuca pede R$ 30 mil de indenização por danos morais e quer ser reconhecido como autor da música que inspirou a canção que virou hit, fruto de parceria com MC Danny.

O compositor alega que já havia divulgado sua música “Vip Vap”, a qual foi registrada no ano de 2020, em alguns programas de TV como como “Legendários” (Record) e “Programa do Ratinho” (SBT). Ao justificar o plágio, ele comenta que as palavras “Toma Toma Vapo Vapo” possuem o mesmo sentido sexual de “Vip Vap”.

A agência Talismã Digital comentou o assunto: " O departamento jurídico está elaborando defesa comprovando que inexiste razão no mérito do pedido, como também que o Zé Felipe é apenas o intérprete da música (cantor), as demais questões deverão seguir entre o autor e as gravadoras/produtoras.”

LEIA TAMBÉM:

Gusttavo Lima faz post romântico com Andressa Suíta e fãs já citam gravidez: ‘Façam uma menininha’

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos