Entretenimento

Periferia de São Paulo ganhará 10 novas salas de cinema em 2022

Iniciativa fará parte do Circuito Spcine, que conta com programação gratuita ou a preços acessíveis

Dez bairros da periferia da cidade de São Paulo vão ganhar novas salas de cinema, no segundo semestre de 2022. Elas serão instaladas dentro dos Centros Educacionais Unificados (CEUs), em regiões com pouca ou nenhuma oferta de cinema.

A iniciativa fará parte do Circuito Spcine, empresa pública de fomento ao audiovisual. As salas ofertam de filmes de arte, os chamados “cults”, até campeões mundiais de bilheteria. Os ingressos são gratuitos em sua maioria, mas em algumas salas pode ser cobrado até R$ 4.

“Essa é uma ação muito forte, e que também tem tudo a ver com o que a gente deseja para comemorar o centenário da Semana de 22, que é colocar a cultura mais forte ainda nas periferias, para que a cultura seja acessível a todos”, afirmou o prefeito de São Paulo, Ricardo Nunes.

Os CEUs escolhidos são as unidades de Guarapiranga, Rosa da China, Navegantes, Água Azul, Pêra Marmelo, Paraisópolis, Alvarenga, Três Pontes, Tiquatira e São Mateus. Com isso, o Circuito Spcine passa a ter 30 salas de cinema espalhadas pela capital.

“Isso significa que nós vamos atender todos os cantos da cidade de São Paulo. Todos os cantos com pessoas que, realmente, precisam, de IDH baixo, onde o único equipamento de Cultura é o da Prefeitura, a única sala de cinema é a do CEU. Esse tipo de atividade, esse tipo de olhar, esse cuidado com a população é o que estamos fazendo”, disse a secretária municipal de Cultura, Aline Torres.

Os locais que vão receber as novas salas já passaram por análise de infraestrutura e viabilidade de comportar ambientes de cinema. Desde a criação do Circuito Spcine, mais de 1,7 milhão de espectadores utilizaram os cinemas públicos da capital paulista. O público é, em sua maioria, crianças e adolescentes em idade escolar.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos