Entretenimento

Ator de ‘Sex and the City’ é acusado por uma quinta mulher de agressão sexual

Chris Noth, que interpretou Mr. Big em ‘Sex and the City’, segue sendo acusado de agressão sexual.

A última acusação contra o ator Chris Noth, que interpretou Mr. Big em ‘Sex and the City’, foi feita pela cantora e compositora Lisa Gentile. Ela se soma às duas mulheres que declararam ao The Hollywood Reporter, no dia 16 de dezembro, terem sido agredidas sexualmente pelo ator em 2004 e 2005. O ator negou as acusações e disse que os encontros com as duas mulheres foram consensuais: “As acusações contra mim feitas por indivíduos que conheci há anos, até décadas atrás são categoricamente falsas. Essas histórias podem ter sido de 30 anos ou 30 dias atrás, essa é uma linha que eu não cruzei”, disse ele em um comunicado.

Lisa Gentile acusa o ator de tê-la apalpado há quase 20 anos e ameaçar arruinar sua carreira se ela contasse a alguém sobre o encontro deles. Os representantes do ator não fizeram comentários sobre as acusações de Gentile, que revelou as informações em uma entrevista coletiva por Zoom, junto com sua advogada Gloria Allred. Gentile disse que conheceu Noth em 1998 em um restaurante que frequentavam em Nova York. Uma noite em 2002, o ator ofereceu a ela uma carona para casa e pediu para ver seu apartamento.

Ela disse que Noth a beijou, “puxou-a à força” contra ele e começou a apertar seus seios. “Agarrei as mãos dele com as minhas mãos e tentei parar”, disse ela. Gentile disse que Noth também empurrou as mãos em direção ao pênis dele. “Eu finalmente consegui afastá-lo e gritar, ‘Não, eu não quero isso’”. Ela disse que Noth “saiu furioso” e ligou para ela no dia seguinte, dizendo que “arruinaria sua carreira” se ela contasse a alguém o que havia acontecido.

Chris Noth se tornou um grande conhecido do público por sua participação na série ‘Sex and the City’ e depois nos spin-offs gerados a partir da produção original, os dois filmes e a nova série ‘And Just Like That’.

As atrizes Sarah Jessica Parker e as co-estrelas da série Cynthia Nixon e Kristin Davis disseram, em um comunicado conjunto divulgado na semana passada, que estavam “profundamente tristes” ao ouvir as acusações feitas contra Noth: “Estamos profundamente tristes em ouvir as acusações contra Chris Noth. Apoiamos as mulheres que se apresentaram e compartilharam suas experiências dolorosas. Sabemos que deve ser uma coisa muito difícil de fazer e as aplaudimos por isso”.

Leia mais

Entenda o caso

Na matéria do The Hollywood Reporter, duas mulheres, que não tiveram suas identidades reveladas, acusaram o ator de terem sido estupradas por ele. As duas mulheres, que buscaram o The Hollywood Reporter separadamente, com meses de intervalo e que não se conhecem, disseram que os abusos ocorreram em Los Angeles em 2004 e em Nova York em 2015, respectivamente.

Uma terceira acusação foi revelada após a publicação de um artigo no Independent, onde uma ex-dublê de ‘Sex in the City’, Heather Kristin, afirmou ter sido tocada inadequadamente pelo ator e ter testemunhado comentários misóginos grosseiros no set do programa.

Outra mulher disse mais tarde ao The Daily Beast que o ator a havia agredido na cidade de Nova York em 2010, quando ela tinha 18 anos. Um porta-voz do ator disse que a história era “uma invenção total”.

De acordo com o The Star, o Departamento de Polícia de Los Angeles (LAPD) disse anteriormente que as alegações não levaram a uma investigação porque nenhum relatório oficial foi feito à polícia.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos