Entretenimento

Arlete Salles volta ao teatro após seis anos: ‘Uma mistura de sentimentos’

A atriz da Globo retorna aos palcos com a peça “Ninguém Dirá Que é Tarde Demais”, que foi escrita por seu neto e conta com seu filho no elenco

A pandemia da covid 19 fechou os teatros e afastou os artistas dos palcos de todo o Brasil. Agora, com a retomada das atividades fora de casa, alguns artistas estão tomando fôlego para estrear suas peças.

Quem está de volta, por exemplo, é Arlete Salles, que está fora dos teatros há seis anos e retorna em grande estilo ao lado de seu filho, Alexandre Barbalho, e do neto, Pedro Medina, que é o autor do texto do espetáculo “Ninguém Dirá Que é Tarde Demais”, que conta ainda com a participação de Edwin Luisi.

Emocionada, Arlete Salles falou sobre como é estar no palco em um momento delicado para toda população, que ainda lida com todos os protocolos sanitários contra a covid-19. “Essa data é delicada. Não seria esse o tempo que sonhamos para o projeto, mas a emoção é grande. Estamos aqui dando os primeiros passos na vida teatral, com todos os protocolos e evitando aglomeração”, contou a atriz da Globo à revista Quem.

Mesmo necessário, para ela, este primeiro passo pode ser assustador, já que, por enquanto, os teatros não podem receber 100% do público. “Vamos ter que enfrentar esse fantasma de ver a casa ocupada pela metade e nos habituar a isso. É o que a vida nos apresenta agora. Não temos escolha. Estou uma mistura de sentimentos, feliz, mas cheia de medos e receios e espero que tenha força para cumprir a temporada até o fim. E que tudo corra bem, com saúde”, falou Arlete.

LEIA TAMBÉM:

Além da volta após seis anos longe do teatro, o momento é especial para Arlete Salles, que vai contracenar com parte de sua família na peça “Ninguém Dirá Que é Tarde Demais”. “Estou muito emocionado por interpretar um texto do meu neto. São três gerações da minha família no palco. É indiscutivelmente uma emoção muito grande. Um acontecimento que eu imaginava que fosse acontecer, mas não sabia a hora exata”.

O reencontro familiar ganha mais intensidade, pois eles moram longe e, por causa da pandemia da covid-19, eles passaram mais de um ano se relacionando à distância. ”Passamos mais de um ano sem nos vermos. Agora estou com eles diariamente. É um privilégio. Estou voltando ao teatro de uma forma privilegiada. O Pedro está muito bem apoiado, temos uma equipe e produção maravilhosa. Estou tendo a oportunidade de nessa altura da minha vida poder viver algo novo. Olha que coisa maravilhosa isso”.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos