Lei Aldir Blanc: Prefeitura de SP abre cadastro para pagamento de auxílio a espaços culturais

Por Metro World News

A Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo abre nesta quarta-feira (30) o cadastro para pagamento do auxílio emergencial previsto pela Lei Aldir Blanc para espaços culturais e artísticos que tiveram de interromper atendimento e atividade durante a quarentena do novo coronavírus. As inscrições vão até 11 de outubro.

QUER RECEBER A EDIÇÃO DIGITAL DO METRO JORNAL TODAS AS MANHÃS POR E-MAIL? É DE GRAÇA! BASTA SE INSCREVER AQUI.

Do total do valor a ser investido, R$ 20 milhões serão destinados para o pagamento de subsídios mensais com valor variável entre R$ 3 mil e R$ 10 mil, em três parcelas, pagas de uma única vez, para a manutenção de territórios/espaços geridos por pessoas, instituições culturais, microempresas e pequenas empresas culturais, organizações culturais comunitárias e cooperativas atingidas pela pandemia no município de São Paulo.

A contrapartida dos espaços, após a reabertura, é a realização de atividades culturais gratuitas a alunos de escolas públicas ou em espaços públicos próximos de onde funcionam.

Editais

A Prefeitura também reserva R$ 50.854.049,80 para editais e prêmios destinados.

As inscrições também começam nesta quarta-feira (30). O chamamento se destina a técnicos culturais, artistas, coletivos, núcleos, grupos, produtores, agentes culturais e educadores culturais que auxiliam e realizam atividades voltadas às linguagens da dança, circo, teatro, música, hip hop, forró, literatura, artes visuais, audiovisual, culinária, artesanato, mestres de cultura e/ou guardiões da memória e da história oral, artistas de rua e demais linguagens artísticas.

Os editais terão seis módulos voltados para as diversas linguagens artísticas e dois específicos para o audiovisual, com prêmios que variam entre R$ 5 mil e R$ 150 mil.

Informações no site da Secretaria de Cultura

Loading...
Revisa el siguiente artículo