Documentário produzido por Selena Gomez aborda sua 'herança' latina e imigrante

Por Nathalia Marques

Selena Gomez nunca esqueceu de onde veio. Nascida nos Estados Unidos, a cantora americana tem descendência mexicana e a história de imigração de sua família se tornou uma de suas bandeiras.

Em artigo publicado pela Vogue Arabe, a cantora aborda o motivo pelo qual produziu Living Undocumented, documentário sobre imigrantes disponível na Netflix.

A história de sua família em território americano começou com a imigração de sua tia, que atravessou a fronteira dos Estados Unidos escondida na traseira de um caminhão.

“Meus avós seguiram e meu pai nasceu nos EUA. Se eles não tivessem escolhido fazer deste país sua casa, as coisas teriam sido muito diferentes para mim”, explica.

Selena diz que se sente orgulhosa de ser uma mulher mexicana-americana

“[Estou] incrivelmente orgulhosa de ser os dois. Minha família escolheu deixar o México para perseguir o sonho americano”.

Contudo, ela também enfatiza sua tristeza com as políticas de imigração da era Trump e que o tema deve ser tratado com compaixão.

"Uma coisa que eu vi é que a imigração vai além da política e dos debates políticos – é uma questão humana", explica.

Diante disso, Selena sabe que as histórias de imigração precisam ser ouvidas, mais do que por manchetes de jornais.

Por isso, produziu o documentário Living Undocumented que conta a história de oito famílias de imigrantes que vivem nos EUA e enfrentam deportação. “Há pessoas que vão ouvi-los e outros que estão prontos para enfrentar a mudança".

Loading...
Revisa el siguiente artículo