Entretenimento

‘Eu vejo a música sempre como festa’, afirma Zeca Pagodinho

Divulgação/zecapagodinho.com.br
Divulgação/zecapagodinho.com.br

“Chega! Já curei da ressaca. Coca-Cola quente, não dá!”, brinca Zeca Pagodinho antes de conversar com jornalistas sobre o “Sambabook” em sua homenagem.

O sambista de 55 anos é o terceiro a ser trabalhado no projeto multiplataforma que reúne CDs, DVD, Blu-Ray, discografia, fichário de partituras e portal na web e que já prestou tributo à obra de João Nogueira e Martinho da Vila.

“Eu achava que isso era para quem morre. Mas, depois que eu vi o do Martinho, pensei: ah, dá para fazer!”, disse o cantor e compositor  que celebra 30 anos de carreira.

Gravado em dezembro, na Cidade das Artes, no Rio, o “Sambabook Zeca Pagodinho” traz músicas do carioca regravadas por bambas. Gilberto Gil é quem abre os trabalhos com “Não Sou Mais Disso”. Arlindo Cruz canta “Se Eu For Falar de Tristeza” e a “madrinha” Beth Carvalho entoa com todo vigor “Lama nas Ruas”. Já o roqueiro Frejat mostra ginga em “Brincadeira Tem Hora”. Outra surpresa é o rapper Emicida, que defende “No Bagaço da Laranja”.

“A gravação era uma festa. A Brahma colocava um freezer enorme de cerveja todos os dias. Com a Velha Guarda da Portela, sempre tinha um frango com quiabo”, lembra.

“Sambabook Zeca Pagodinho” Vários artistas, Universal Music, R$ 199 (completo) R$ 70 (DVD + CDs)
“Sambabook Zeca Pagodinho” Vários artistas, Universal Music, R$ 199 (completo) R$ 70 (DVD + CDs)

Avô pela segunda vez
Zeca faz uma pausa para uma gelada refrescar a garganta. Então, ele muda de assunto para falar da Copa do Mundo, que começa no dia 12 de junho. “Felipão me deu a camisa 6. Não sei se ele está me chamando para jogar… Pô, nunca fui bom de bola, nem nunca fiz um gol. Na vida, faço todo dia”, tirou onda.

Mas Zeca, que gravou a canção inédita “Filhos de Vera Cruz” para o álbum “Festa Brasil”, que será lançado pela Universal com músicas compostas para o Mundial, diz que vai ficar quietinho assistindo aos jogos de casa. “Não acompanho futebol, mas Brasil é Brasil. Vou enfeitar minha casa, eu gosto é de festa! E com minha cervejinha no isopor, ao lado do telão.”

O sambista, que é pai de quatro filhos, está prestes a se tornar avô pela segunda vez, agora de uma menina – ele é avô de Noah, de 4 anos, primogênito de sua filha, Elisa, 22. “Ele é meu xodó, parceirão. E agora vem uma menina para me deixar mais feliz!”.

Sobre suas três décadas de carreira, ele reflete: “Já são 30 anos. E agora?” Ah, esquenta não, Zeca. O negócio é “deixar a vida te levar.”

Em paralelo a esse lançamento, o sambista dá prosseguimento à turnê “Vida que Segue”, que chega a São Paulo na sexta e no sábado, às 22h, no Citibank Hall (av. das Nações Unidas, 17.955, tel.: 4003-5588, Santo Amaro). Os ingressos custam de R$ 80 a R$ 240 e estão à venda no site ticketsforfun.com.br

 

 

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos