Social

Mãe decide mudar o nome da filha e não avisa o pai sobre a mudança

Ela afirma que não queria que o nome da filha fosse “apenas mais um nome qualquer” e sem nenhum significado em sua vida.

Mãe e bebê

Uma mãe decidiu buscar por apoio no Reddit depois de tomar uma importante decisão envolvendo sua filha, que tem somente 15 meses de vida. Segundo ela, a forma como o pai da menina a trata foi determinante para sua decisão de alterar o nome da criança no registro de nascimento.

Sem se identificar, a mãe conta que estava em um relacionamento com o pai de sua filha até que ele descobriu que seria pai de uma menina. Naquele momento, o homem colocou um ponto final na relação entre eles e decidiu ter pouco contato com a filha, apesar disso ele insistiu em seu “direito de nomear” o bebê, algo que a mãe cedeu na esperança de que isso aproximasse o pai da filha.

“Acabei aceitando um nome que eu nem sequer gosto para tentar ajudar o relacionamento entre pai e filha, mas ainda assim acabei passando toda a gestação indo sozinha a consultas, médicos e tudo mais. A única parte do acordo que eu não segui foi colocar o sobrenome do pai no nome da minha filha porque ele só apareceu para vê-la uma única vez”.

“Depois de um tempo ele colocou o nome completo, a data de nascimento e uma foto dela em seu Facebook, algo que eu não gostei e pedi a ele para apagar. Agora, que ela tem 15 meses de vida e só viu o pai algumas vezes, eu decidi mudar. Parece que para ele tudo em sua vida é importante, menos a filha”, revela a mãe.

Ela alternou o nome da menina

Em seu relato, a mãe explica que a família do marido é a única que chama a menina pelo nome que ele escolheu, sendo que todas as outras pessoas a chamam por seu nome do meio ou por algum apelido.

“Eu fiz questão de usar o nome do meio que é tradicional na minha família, então todos a chamam por este nome ou por um apelido. Eu fiquei cansada e decidi alterar o nome dela na certidão. Agora, seu nome do meio é o primeiro nome e o nome que o pai escolheu é o nome do meio, assim ele e a família dele ainda podem chamá-la por ele. Basicamente, eles não vão notar a diferença a menos que realmente se envolvam na vida da minha filha”.

“Eu agi errado em mudar o nome dela por causa da forma como seu pai está agindo? E principalmente, deveria ter avisado a ele e sua família? Fiquei com medo porque sei que eles têm problemas com a raiva e temperamento explosivo”, explica a mãe.

Leia também: Jovem se revolta ao saber que os pais usaram seu dinheiro para pagar o carro do irmão

Para os usuários do Reddit, além de fazer isso ela deve levar o caso à Justiça e pedir a guarda total da menina.

“Você não agiu errado, só não entendo o motivo de você ainda não ter feito ele abrir mão dos direitos parentais de sua filha. Isso seria melhor para ela do que crescer ao lado de um pai que a despreza”, comentou uma pessoa.

“Você está totalmente correta! Se possível, corte completamente qualquer contato com ele e com a família dele”, sugeriu outra.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos