Social

Padrasto é criticado por deixar os enteados aos cuidados dos avós

Para ele, as atitudes dos adolescentes eram completamente inaceitáveis e incentivadas pelos avós paternos.

Homem preocupado

Um homem enlutado buscou por apoio no Reddit depois de passar por uma situação complicada envolvendo seus dois enteados adolescentes. Segundo ele, desde a morte de sua esposa os jovens estão agindo de forma agressiva com ele e nem se importam em demonstrar algum respeito.

Sem se identificar, o homem explica que sua esposa faleceu no final do último ano, tudo aconteceu de forma inesperada e sozinho ele precisou lidar com a perda e com os cuidados envolvendo seus enteados e seus filhos.

“Os filhos da minha esposa nunca foram com a minha cara. Eles amam o pai e eu era apenas o marido da mãe deles. Enquanto ela era viva eles moravam conosco e me respeitavam, mas depois da morte dela os dois viraram pessoas insuportáveis”.

“Eu entendo que eles perderam a mãe e que isso é uma droga, mas ela também era minha esposa e a mãe dos meus filhos. Também estou passando por um momento difícil. Os avós deles também estão em cima de mim e me acusam de não ser compreensivo com a situação dos netos, mas eu tentei. Fiz de tudo, ofereci terapia, apoio, espaço e garanti que soubessem que eu sempre estaria por perto para eles”.

Ele perdeu a paciência

Apesar de toda situação, o homem conta que estava conseguindo lidar com a desobediência dos enteados, mas um episódio em questão o fez perder completamente a paciência e entregar os jovens para os avós.

“A gota d’água foi quando nós fomos jantar na casa dos avós deles na última semana. Eu disse que precisávamos ir embora porque os meus filhos pequenos tinham que dormir, eles disseram que eles não queriam ir e que eu deveria voltar com meus filhos e depois ir até lá buscar eles. É uma viagem de duas horas, então eu disse que não”.

“Os avós deles disseram que eu estava sendo muito rígido e que deveria deixar eles ficarem um pouco mais. Eu também estou passando por um momento complicado com duas crianças menores de 5 anos que perderam sua mãe, eu perdi minha esposa e não tinha condições de lidar com dois adolescentes rebeldes e meus sogros me criticando e tornando tudo mais difícil”.

“Então eu fiz o que eles queriam, mas também fui para casa, peguei todas as coisas deles e deixei na casa dos avós com eles. Não tenho tempo para ser babá de dois adolescentes que só fazem questão de deixar minha vida complicada”.

“Pela primeira vez minha casa está limpa e meus filhos estão dormindo bem durante a noite. O tio dos meus enteados mora na mesma cidade que eu, então eles podem ficar com ele e terminar a escola com seus amigos”.

Leia também: Noiva quebra regra de casamento “sem crianças” e sogra fica inconformada

“Até mesmo a família paterna deles está contra mim, mas nem me importo. Os adolescentes e o pai deles deixaram claro que eu nunca vou ser uma figura de respeito para eles e eu nem mesmo podia ser um contato de emergência para eles na escola. Vou apenas dividir o seguro de vida da minha esposa igualmente entre os quatro”.

Agora ele está precisando aguentar as críticas dos sogros, que o estão acusando de abandonar os adolescentes. “Eles têm o pai e os avós para cuidar deles. Eu tenho que cuidar dos meus filhos”, finaliza o homem.

Para os usuários do Reddit, ele está correto em priorizar os cuidados com os filhos já que os avós e pai dos enteados não estão dispostos a ajudar.

“Você não está errado em agir desta forma. Cuidar de dois jovens que nem sequer estão sob seus cuidados legais não é obrigação sua”, comentou uma pessoa.

“Além da sua opinião, somente a dos adolescentes importa. Se eles não quiserem morar com os tios ou avós, então eles que mudem de comportamento”, finalizou outra.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos