Social

Mãe encontra problemas para registrar a filha: ‘Não queriam aceitar o nome’

Chocada, a mãe foi aconselhada a repensar sua escolha no momento em que tentou registrar a filha recém-nascida.

Casal é suspeito de roubar bebê.

Uma mãe passou por apuros ao tentar registrar sua filha recém-nascida. Ao saber o nome da menina, o oficial de registro inicialmente se recusou a registrar a criança e pediu a mãe para “repensar sua escolha”.

Conforme publicado pelo The Mirror, a mãe, Danielle Shap, ficou confusa quando o oficial se recusou a registrar a criança após ler o nome escolhido por ela. A mulher, que mora em Londres, foi aconselhada a “voltar depois de repensar” sua escolha, mas manteve a decisão e seguiu em frente com o registro.

Ao insistir no registro, ela ainda foi informada de que a filha poderá ser alvo de provocações por conta de seu nome, mas isso não a impediu de nomear a pequena como Cinderela.

Recomendados

“Expliquei que era um nome tradicional e adorável, com isso ela não tinha motivos para recusar a papelada que eu preenchi ou questionar o nome”.

“Achei que deveria ser uma experiência de conto de fadas, mas na verdade a coisa toda quase virou um grande pesadelo”, desabafa a mãe.

Ela explicou seus motivos

Seguindo com seu relato, Danielle conta os motivos que a levaram a chamar a filha pelo nome da conhecida personagem de histórias infantis.

“Minha filha tem como nome Lola Cinderela. Ela nasceu à meia-noite em ponto e é a minha princesa. Eu não trocaria seu nome por ninguém”, explica.

Após insistir em sua escolha inicial, a mulher ainda precisou passar por outras etapas para poder seguir com o nome da filha, como a verificação do nome “Cinderela” como uma “marca registrada”, o que a impediria de registrar a criança com o nome.

Leia também: Avô afirma que a neta terá o nome de um demônio e gera revolta

Terminadas todas as verificações e, diante da inexistência de leis que restringem a escolha dos nomes de bebês no Reino Unido, Danielle finalmente conseguiu registrar a pequena Lola Cinderela, nome este que, segundo ela, foi decidido no “momento em que segurou a menina nos braços”.

“Enquanto algumas pessoas se surpreendem com o nome, outras afirmam que amaram a combinação”, finaliza a mãe.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos