Social

Pai toma calote e filho o ajuda a vender 1,5 mil maças do amor pelas redes sociais

Vendo o pai desanimado, jovem resolveu dar uma mão e vendeu todo o estoque

O que era para ser um bom negócio que ajudaria o comerciante da cidade de Juarez, no México, a ganhar um dinheiro extra e tirar a corda do pescoço quase o jogou no buraco de vez.

Enrique Villalpando recebeu a encomenda de 1,5 mil maçãs caramelizadas (no Brasil, chamamos elas de de maçãs do amor) e estava muito contente com o pedido, pois iria faturar um bom dinheiro. Mas poucos dias antes da entrega, o comprador ligou e simplesmente cancelou todo o pedido.

Vendo o pai amargurado com o prejuízo de 12 mil pesos (cerca de R$ 3 mil) pela venda cancelada, seu filho Luís Alvarez resolveu ajudá-lo da forma que podia.

Recomendados

Usando sua conta no Facebook, no último domingo ele contou a história para todos os seus amigos e seguidores e pediu que o ajudassem a vender as maças caramelizadas. Na postagem, ele vez uma promoção de venda: a unidade custaria 8 pesos (R$ 2), mas o pedido mínimo deveria ser de 15 unidades.

Buenas tardes Amistades para ofrecerles Manzanas con caramelo a $8 pesitos Ya que le hicieron un pedido a mi papa de...

Posted by Luis Alvarez on Sunday, May 1, 2022

Não demorou muito e sua história começou a correr nas redes e viralizar  em toda a cidade, chegando a ser matéria dos principais jornais da região. A publicação teve 15 mil compartilhamentos e 2,3 mil comentários. Muitos resolveram colaborar com o vendedor e fizeram pedidos em quantidades ainda maiores do que o filho havia pedido na postagem.

LEIA TAMBÉM: Mãe se encontra com suposto abusador de sua filha e homem segue em liberdade

Enrique quase não acreditou ao ver que em menos de dois dias já havia vendido todo o estoque encalhado, recuperando os 12 mil pesos que investiu para produzir as 1,5 mil maçãs do amor.

“Muito obrigada pelo apoio, de verdade, mil bênçãos”, escreveu Luis Alvarez ao fazer a última entrega.

Pode interessar ainda:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos