Social

Mulher é detida em aeroporto após reclamar de uma cobrança por excesso de bagagem

A mulher, que é candidata ao Senado, foi algemada e arrastada pelo aeroporto após reclamar sobre uma cobrança de excesso de bagagem.

Uma mulher foi algemada e arrastada pelo aeroporto de Santa Marta, Colômbia, após reclamar com a companhia aérea a respeito de uma cobrança abusiva de excesso de bagagem. Os registros do acontecimento rapidamente viralizaram na internet.

Conforme as informações divulgadas pelo Meganoticias, Yesenia Bedoya, que é uma candidata ao Senado Colombiano, foi algemada por seguranças do aeroporto após fazer reclamações no balcão da companhia aérea.

A ação dos seguranças foi registrada em um vídeo que viralizou nas redes sociais e provocou comoção entre as pessoas devido a forma com que a mulher foi tratada. Nas imagens é possível ver o momento em que a mulher é arrastada por quatro policiais enquanto tentam levá-la sob custódia.

Segundo relato feito por Yesenia, tudo aconteceu enquanto ela viajava de Santa Marta para Medellín. Durante o voo de ida ela não teve problemas com suas bagagens, mas no voo de volta queria cobrar um valor extra por uma pequena bolsa.

Ela se recusou a pagar o valor extra

Em uma denúncia feita por meio de seu Twitter, Yesenia conta que a companhia aérea queria cobrar um valor de 150.000 pesos (aproximadamente R$200) pelo transporte de uma bolsa considerada como “bagagem” extra.

Como já havia realizado a viagem de ida em posse da mesma bolsa, a mulher protestou e se recusou a pagar o valor considerado abusivo.

“Eu protestei... Eles me mandaram para a polícia e agora estou com uma lesão em meu braço”, explica a mulher ao compartilhar sua história.

Leia também: Idosa recebe multa exorbitante após ser vista alimentando patos

Segundo seu relato, a companhia aérea somente reconheceu que havia errado na cobrança depois que ela tornou pública a abordagem abusiva. Por tal motivo, ela foi alocada em outro voo com destino à Medellín com as mesmas condições de embarque referentes a sua bagagem.

“Me tiraram da sala e me arrastaram como um animal. Fiquei detida no aeroporto até a companhia aérea reconhecer o erro e me embarcar em outro voo sem qualquer cobrança extra”.

Sua denúncia gerou um grande debate nas redes sociais e tornou público um suposto esquema abusivo para cobrança de bagagens.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos