Social

Mulher com seio removido viraliza com foto amamentando: ‘Nunca se envergonhe de uma cicatriz’

É quase impossível não se emocionar com a história de Bo Smith, uma mulher de 32 anos que realizou o sonho de ser mãe. Em 2015, a americana foi diagnosticada com câncer de mama inflamatório, uma forma grave da doença, e teve que ter um dos seios removido.

Em agosto deste ano, Bo publicou uma foto amamentando seu filho, acompanhada de um depoimento impactante. “Nunca tenha vergonha de uma cicatriz. Ela significa simplesmente que você era mais forte do que o que tentou machucá-la”, escreveu.

«Eu mal posso explicar a sensação de poder amamentar meu filho todos os dias depois de perder um seio para o câncer e ser informada de que talvez nunca tivesse esse doce menino em meus braços. Eu não tenho vergonha deste corpo. Ele é o que me faz lembrar da sorte que tenho por estar aqui hoje.»

A publicação teve mais de 17 mil reações e 5,6 mil compartilhamentos, sempre repletos de mensagens de amor e esperança.

Em entrevista ao jornal britânico Daily Mail, Bo disse que só teve permissão médica para engravidar após dois anos do diagnóstico. Durante esse tempo, ela foi submetida a sessões de quimioterapia e radioterapia, que afetaram sua fertilidade.

Para engravidar, a americana realizou terapia hormonal e descobriu que estava esperando um bebê três dias antes do último Natal. «Vi amigos morrerem da mesma doença que eu. Vi mulheres perderem tanto e achei que não havia esperança, mas acredite: ela está lá. Mantenha a fé», disse ao jornal.

 

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos