Foco

Rapaz suspeito de matar ex-namorada e o pai dela a tiros é preso em sítio, no interior de São Paulo

Yasmin Queiroz, 25, tinha medida protetiva contra o ex, mas motivação do crime ainda é mistério

Ex-namorado da jovem é o principal suspeito
Yasmin Santos de Queiroz, 25, e o pai dela, Francisco Queiroz, 60, foram baleados dentro de casa e morreram, em Miracatu, no interior de SP (Reprodução/Redes sociais)

ANÚNCIO

A Polícia Civil prendeu na madrugada desta segunda-feira (13) o suspeito de matar a tiros a ex-namorada, Yasmin Santos de Queiroz, de 25 anos, e o pai dela, o funcionário público Francisco Xavier Marques de Queiroz, de 60, em Miracatu, no Vale do Ribeira, no interior de São Paulo. Ele fugiu após o crime, testemunhado pela mãe da jovem, mas foi encontrado escondido em um sítio.

ANÚNCIO

O suspeito foi levado para a Delegacia de Miracatu, mas não deu detalhes sobre a motivação dos assassinatos. Yasmin tinha uma medida protetiva contra o ex-namorado, que trabalhava como mecânico. O nome do rapaz não foi revelado, assim, não foi possível localizar sua defesa.

Os crimes foram cometidos na na noite de sábado (11), na Rua Joaquim Pedroso, no Centro da cidade. De acordo com o boletim de ocorrência, a mãe de Yasmin contou que o ex-namorado da filha arrombou a porta da cozinha e invadiu a casa. Francisco ouviu o barulho e foi ver o que estava acontecendo, quando foi baleado por três tiros.

Na sequência, o ex-namorado foi até um quarto, onde a jovem tentava se esconder, e a arrastou até o quintal. Lá, também efetuou três tiros contra a vítima e depois fugiu em um Volkswagen Gol. Após buscas, ele foi preso no sítio e não resistiu. A arma usada no crime ainda não foi encontrada.

De acordo com a Secretaria de Segurança Pública de São Paulo (SSP-SP), o caso foi registrado na delegacia da cidade como feminicídio e homicídio. Além disso, o autor será autuado pelo descumprimento da medida protetiva.

Os corpos de pai e filha são velados na Câmara Municipal de Miracatu. Os enterros estão previstos para a tarde desta segunda-feira.

A Prefeitura de Miracatu publicou uma nota nas redes sociais lamentado a morte do funcionário público. “Nos sensibilizamos com a partida deste querido servidor e desejamos nossas mais sinceras condolências aos familiares, parentes e amigos, rogando a Deus que conforte seus corações.”

ANÚNCIO

Recomendado:

Tags


Últimas Notícias