Foco

Polícia prende suspeito por assassinatos de pai, mãe e bebê no RJ e desvenda a motivação do crime

Filipe Rodrigues e Raissa Santos morreram na hora; filho de 7 meses foi socorrido, mas não resistiu

Não há informações sobre a motivação do crime

A Polícia Civil prendeu Wesley Pires da Silva Sodré, suspeito de envolvimento nos assassinatos de pai, mãe e filho em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro, em março passado. As vítimas voltavam para casa após um almoço de família, quando o carro em que estavam foi alvejado a tiros e elas não resistiram. Um segundo suspeito ainda é procurado, mas a corporação já desvendou a motivação do crime (saiba mais abaixo).

O caso aconteceu no último dia 17 de março, na Estrada Bento Pestana, no bairro Baldeador. O casal Filipe Rodrigues, de 24 anos, e Rayssa Santos, de 23, morreu na hora. Já o filho deles, Miguel Felipe, de 7 meses, chegou a ser socorrido por populares e foi levado a um hospital, porém, sofreu duas paradas cardiorrespiratórias e também faleceu.

Na ocasião do crime, testemunhas contaram que dois criminosos em uma motocicleta se aproximaram do carro em que estava a família, perto de um ponto de ônibus, e abriram fogo. Eles fugiram em seguida sem levar nada. Assim, a polícia passou a apurar qual seria a motivação dos assassinatos.

Recomendados

Conforme reportagem do site G1, a Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí descobriu que Filipe fingiu ser policial para enganar traficantes de drogas que atuam na comunidade de Castro, pedindo R$ 50 mil para identificar um suposto informante. Ele chegou a receber parte do dinheiro por conta da tal transação e o “X9″ acabou sendo capturado pelos suspeitos.

No entanto, os traficantes descobriram que tudo era uma farsa e que Filipe nunca tinha sido policial. Como ele continuava cobrando o restante do dinheiro por ter entregue o tal informante, os traficantes armaram um plano para matá-lo.

Assim, eles marcaram de entregar o restante do dinheiro na Estrada Bento Pestana, quando Filipe foi levando junto a esposa e o filho. Os criminosos apareceram, mas atiraram e mataram a família.

Segundo a polícia, Sodré tem envolvimento com tráfico e teria participado do plano para matar Filipe. O segundo suspeito, que ainda é procurado, é Lucas Lopes da Silva, o Naíba, que seria o mandante do crime. A investigação ainda tenta identificar quem atirou nas vítimas.

A defesa de Sodré não foi encontrada para comentar o assunto até a publicação desta reportagem. A operação da polícia segue em busca de Naíba.

Eles estavam em carro após almoço de família
Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos