Foco

VÍDEO: Ônibus do Fortaleza é atacado com bomba e pedras pela torcida do Sport, afirma dirigente

Equipes se enfrentaram na quarta-feira pela Copa do Nordeste; seis jogadores ficaram feridos

Seis jogadores ficaram feridos

O ônibus do Fortaleza foi atacado com uma bomba e pedras na saída da Arena Pernambuco, em São Lourenço da Mata, na Região Metropolitana do Recife, após o empate com o Sport, pela Copa Nordeste, na noite de quarta-feira (22). Seis jogadores ficaram feridos e foram socorridos. Um vídeo mostra o momento de desespero enquanto eles ainda estavam dentro do veículo (veja abaixo).

CEO do Fortaleza, Marcelo Paz usou as redes sociais para dizer que o ataque foi promovido por torcedores do Sport. “Estávamos saindo do jogo e jogaram uma bomba no nosso ônibus. Atingiu os nossos jogadores. Isso é um absurdo. Não cabe mais no futebol brasileiro. Estamos todos revoltados aqui”, lamentou o dirigente.

De acordo com o time, os jogadores Titi, Brítez, João Ricardo, Sasha, Dudu e Escobar precisaram ser levados ao Real Hospital Português, no Recife. Em nota nas redes sociais, o Fortaleza detalhou os ferimentos sofridos pelas vítimas.

Recomendados

“O goleiro João Ricardo foi ferido com um corte no supercílio e o lateral-esquerdo Gonzalo Escobar sofreu uma pancada na cabeça, um corte na boca e um outro corte no supercílio. O lateral-direito Dudu, os zagueiros Titi e Brítez, e o volante Lucas Sasha foram feridos com estilhaços de vidro e tiverem que conter sangramentos”, diz o clube.

Já o Sport repudiou o ataque e disse que está prestando todo o apoio ao Tricolor do Pici. “Os absurdos atos de violência não condizem com a real conduta e comportamento da torcida rubro-negra, tampouco com os valores do Clube - que sempre irá abominar esse tipo de postura”, diz um trecho da nota.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos