Foco

Polícia desmonta dois acampamentos clandestinos para caça ilegal na Grande SP; dupla é presa

Autoridades ambientais apreenderam seis espingardas, oito aves já abatidas, munições e outros apetrechos

Operação da PM Ambiental desmonta acampamentos de caça ilegal

A Polícia Militar Ambiental desmontou dois acampamentos clandestinos utilizados para caça ilegal e prendeu dois homens, de 51 e 56 anos, no Parque Estadual Serra do Mar, em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.

A operação foi deflagrada na última quarta-feira (30). Os policiais apreenderam ainda seis espingardas, oito aves já abatidas, munições e outros apetrechos usados na ação ilegal.

Após patrulhamento a pé pela mata, equipes localizaram o primeiro acampamento, onde havia dois homens. Lá, foram encontradas três espingardas, oito aves silvestres já abatidas, um pote com munições, três lunetas, facas e diversas armadilhas.

Segundo as autoridades, os suspeitos atraiam as aves usando algumas ferramentas, como pássaros de madeiras e alguns pios, espécie de apito. Quando os pássaros se posicionavam no local desejado, a dupla, escondida atrás de uma barricada feita de folhas, atirava contra os animais para abatê-los.

Ambos foram levados para a Delegacia de Polícia de Investigações contra o Meio Ambiente e Setor de Produtos Controlados de São Bernardo do Campo. Um Auto de Infração Ambiental foi elaborado, e o caso foi registrado como matar espécimes de fauna silvestre.

Mais um acampamento

Na mesma ação, os militares ainda encontraram um segundo acampamento no parque após ouvirem barulhos de disparos. Foram encontradas mais três espingardas, dois potes com pólvora, dois com chumbo e um com espoleta, além de 12 munições calibre .22.  Todos os itens encontrados foram encaminhados também à DIICMA de São Bernardo do Campo, onde o caso foi registrado como localização e apreensão de objeto.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos