Foco

Museu do Ipiranga mantém ingressos gratuitos até 30 de dezembro; uso de máscaras é obrigatório

Local funciona de terça-feira a domingo, das 11h às 17h; para visitar, é necessário agendar

Cerimônia oficial ocorreu na terça-feira

O Museu do Ipiranga, na Zona Sul de São Paulo, prorrogou os ingressos gratuitos para visitação até o dia 30 de dezembro. Segundo a assessoria de imprensa, a medida ocorre em função da alta demanda de público neste fim de ano. Por conta da recente disseminação de casos de covid-19, o uso de máscaras voltou a ser exigido no local.

O museu, que foi reaberto no último dia 7 de setembro, após 9 anos fechado, libera os ingressos gratuitos semanalmente, às sextas-feiras, com datas agendadas para as duas semanas seguintes, por meio da plataforma Sympla.

A gratuidade estava prevista incialmente para seguir apenas até o dia 6 de novembro, mas, com a alta procura, o museu acabou prorrogando essa concessão.

Recomendados

A assessoria de imprensa destacou que, desde o último dia 16, o uso de máscaras de proteção contra a covid-19 voltou a ser obrigatório nas dependências do museu. O objetivo é impedir a disseminação do coronavírus.

O novo museu

O Museu do Ipiranga teve a área total ampliada de 6.400m² para cerca de 13.400m². Também foi realizado o restauro do Edifício-Monumento.

Com o novo espaço criado, de 6,8 mil m², o museu ganha entrada integrada ao Jardim Francês, além de bilheteria, café, loja, auditório para 200 pessoas, espaços e salas para atendimento educativo, e uma grande sala de exposições temporárias, com 900m².

No Edifício-Monumento, foram realizados reparos em todos os detalhes da refinada arquitetura, incluindo os 7,6 mil m² das fachadas, que, pela primeira vez, passaram por limpeza, decapagem, recuperação dos ornamentos, aplicação de argamassa, tratamento de trincas e, por fim, a pintura.

O Jardim Francês também recebeu um novo paisagismo, reforma do espaço da antiga administração para instalação de um restaurante, criação de infraestrutura para food bikes, restauro e modernização da iluminação pública, requalificação das vias de acesso (inclusive com equipamentos de acessibilidade), reativação da fonte central e recuperação de duas fontes presentes no projeto original do jardim, destruídas na década de 1970.

As novas exposições do museu incluirão cerca de 3,5 mil itens do acervo, o qual possui 450 mil itens e documentos no total. Pela primeira vez na história do museu, a instituição também estará apta a receber acervos de outras instituições, inclusive internacionais, graças à instalação de ar-condicionado.

O Museu do Ipiranga funciona de terça a domingo e, no mês de setembro, abrirá das 12h às 18h, com entrada até as 17h. Ele fica na Rua dos Patriotas, número 20, na Vila Monumento, em São Paulo.

LEIA TAMBÉM:

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos