Foco

Preso suspeito de atirar e matar pediatra dentro de consultório na Bahia

Polícia diz que já sabe onde está comparsa, mas ele ainda não foi detido.

A Polícia Civil prendeu um homem suspeito de matar o médico pediatra Júlio César de Queiroz Teixeira, de 44 anos, baleado dentro do consultório em que trabalhava na cidade de Barra, na Bahia. Segundo a corporação, um comparsa que levou o atirador até a clínica também já foi localizado no Tocantins.

O delegado Jenivaldo Rodrigues, responsável pelas investigações, informou que a prisão do suspeito de cometer o crime ocorreu na tarde desta segunda-feira (27), também no município de Barra. A motocicleta e o capacete utilizados no dia crime foram apreendidos com ele. Já a localização do comparsa é conhecida pela polícia, mas ele ainda não foi detido.

LEIA TAMBÉM:

  1. Carro cai do terceiro andar de concessionária e deixa três pessoas feridas em São Paulo
  2. Modelo paulista morre em acidente de carro na BR-153, em Goiás
  3. Cantor sertanejo é encontrado morto dentro de carro em Minas Gerais

Assim como suspeita a família da vítima, a polícia apura se a motivação do crime foi uma denúncia feita pelo médico à família de uma criança de que ela teria sofrido abuso sexual. No entanto, outras linhas de investigação ainda não foram descartadas.

O crime

O pediatra foi morto na manhã da última quinta-feira (23) dentro de uma clínica particular que fica na Rua Cardeal da Silva, bairro Rosário. De acordo com a Polícia Civil, o médico, que também prestava serviços de ultrassonografia, tinha acabado de atender um paciente quando um suspeito entrou no consultório e atirou várias vezes contra Teixeira. Ele chegou a ser socorrido por outros funcionários e levado para um hospital, mas não resistiu aos ferimentos.

Imagens da câmera de segurança da clínica mostraram o momento em que um homem, usando um capacete, entrou no local. Após efetuar vários disparos, ele fugiu. Pacientes que aguardavam atendimento ficaram desesperados. Veja o vídeo abaixo:

Júlio César era natural da cidade de Xique-Xique, que fica a cerca de 700 km de Barra. O corpo dele foi enterrado na manhã de sexta-feira (24) na cidade natal.

Tags

Últimas Notícias


Nós recomendamos