logo

A Polícia Civil interrompeu uma festa clandestina em um bar de Interlagos na Zona Sul de São Paulo, na madrugada desta quinta-feira (dia 8).

Ao todo, 46 pessoas estavam participavam da festa, metade delas sem máscara. A ação contou com a ajuda do Procon.

Leia também:

De olho nas vagas: JBS abre inscrições para programa de trainee

Não há previsão de chuva para esta quinta-feira em São Paulo

Dez pessoas que trabalhavam no bar foram levadas para a delegacia. A polícia apreendeu também equipamento de som, computador e máquinas de cartão utilizados na festa.

Fase Emergencial

Festas e aglomerações estão proibidas para tentar conter o avanço da Covid-19 e, assim, evitar o colapso do sistema de saúde.

Atualmente, o Estado está na Fase Emergencial do Plano São Paulo, com medidas de restrições mais rígidas. Ela segue até, pelo menos, dia 11 deste mês.

Nesta fase, serviços de retirada de alimentos, celebrações religiosas coletivas, atividades esportivas e lojas de material para construção, entre outras, têm suas atividades proibidas nesse período.

A medida determina ainda a ampliação do toque de recolher, que agora passa a valer entre 20h e 5h. Todas as aglomerações e o uso de todos os parques públicos no Estado também estão proibidos.

Nesta fase, apenas os serviços de delivery e drive-thru podem continuar funcionando normalmente.

O governo fez ainda algumas recomendações, como o escalonamento do horário de entrada de funcionários da indústria (das 5h às 7h), do comércio (das 9h às 11h) e do setor de serviços (das 7h às 9h) para evitar aglomerações no transporte público.

Além disso, o uso de máscara em ambientes internos, inclusive entre familiares de residências diferentes, é prudente, assim como a redução das atividades presenciais nas escolas ao mínimo possível.

De acordo com o governo, as medidas provocam a remoção temporária de 4 milhões de pessoas de circulação nos municípios.