Procon pede que Serasa explique vazamento de dados de clientes

Por Metro World News

O Procon-SP pediu explicações à Serasa Experian sobre o vazamento de dados pessoas de mais de 220 milhões de brasileiros de sua base de dados, que deveriam ser sigilosas, de acordo com a Lei Geral de Proteção de Dados e do Código de Defesa do Consumidor.

Segundo o Procon, dados como nome, CPF, renda, nível de escolaridade, score de crédito e endereço  da base da Serasa estão sendo comercializados pela Internet.

LEIA TAMBÉM:

O órgão de defesa do consumidor quer ainda que a instituição informe as causas do problema e as providências tomadas para evitar que isso ocorra e o que ará para reparar os danos aos clientes.

“As penas previstas na LGPD, que podem chegar até R$ 50 milhões, poderão ser aplicadas a partir de agosto, mas o Procon-SP pode multar de acordo com o Código de Defesa do Consumidor”,  disse o diretor executivo do Procon-SP, Fernando Capez.

Loading...
Revisa el siguiente artículo